PUBLICIDADE
Topo
Entretenimento

Entretenimento

Corpo de Eva Wilma é velado e sepultado em cerimônia restrita em SP

do UOL

Do UOL, em São Paulo

16/05/2021 14h20Atualizada em 16/05/2021 17h40

O corpo da atriz Eva Wilma foi velado e sepultado em cerimônia restrita realizada hoje na cidade de São Paulo. A equipe da estrela de "A Indomada" confirmou ao UOL que somente familiares compareceram ao velório.

Eva Wilma morreu ontem, aos 87 anos, em decorrência de câncer no ovário. Ela estava internada no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, desde o dia 15 de abril.

"Comunicamos que a atriz Eva Wilma, acaba de falecer às 22h08, no Hospital Israelita Einstein, em São Paulo, em função de um câncer de ovário disseminado, levando a insuficiência respiratória. Nossos profundos e sinceros sentimentos a todos os familiares, especialmente a John Herbert Buckup Jr e Vivien Buckup", lê-se na nota divulgada pela equipe da atriz.

Relembre a trajetória da atriz Eva Wilma

Trabalhou do hospital

Há pouco mais de um ano, a atriz teve um projeto em conjunto com seu filho interrompido pela pandemia do coronavírus.

Eva Wilma e John Herbert, seu filho mais novo, interpretavam canções que fizeram parte da carreira da atriz, que durou quase 70 anos, no "Casos e Canções". Ela esperava retomar o espetáculo após a pandemia.

Eva Wilma foi internada no dia 15 de abril na UTI para tratamento de problemas cardíacos e renais.

Mesmo internada, a artista trabalhou. Ela chegou a gravar uma narração para o filme "As Aparecidas", três dias após sua internação.

"Quem tem a arte na veia sabe que 'o show tem que continuar'. O trabalho é vida", escreveu a equipe da atriz.

Entretenimento