PUBLICIDADE
Topo
Entretenimento

Entretenimento

Melhem processa Piauí, Rafinha e Gentili e pede até R$ 200 mil

Marcius Melhem em entrevista exclusiva ao UOL - Reprodução/YouTube
Marcius Melhem em entrevista exclusiva ao UOL Imagem: Reprodução/YouTube
do UOL

Mari Monts

De Splash, em São Paulo

18/01/2021 10h40Atualizada em 18/01/2021 13h44

Representante de Marcius Melhem abriu processos na Justiça de São Paulo e do Rio de Janeiro, na última sexta-feira (15), contra a revista Piauí, Danilo Gentili, Rafinha Bastos, Marcos Veras e Felipe Castanhari.

Os processos foram protocolados em meio às acusações de assédio contra Marcius Melhem que foram divulgadas detalhadamente pela reportagem da revista Piauí. A defesa do humorista também entrou com uma ação de indenização por danos morais e materiais contra Dani Calabresa, na quinta-feira (14).

O UOL teve acesso aos autos e, em todas as ações, o advogado do ex-diretor do humorístico da Globo pede indenizações e retratações públicas.

  • Réu: Revista Piauí

  • Acusação: Danos morais, ofensa à honra e manipulação dos fatos

  • Indenização: R$ 200 mil

Com relação à imputação de crime, a questão é diamantina, na medida em que a requerida, mesmo sem condenação nesse sentido, tratou Marcius como criminoso, convencendo o leitor de que o Requerente é um delinquente impulsivo e perigoso.

Danilo Gentili é apresentador do 'The Noite', do SBT - Divulgação - Divulgação
Danilo Gentili é apresentador do 'The Noite', do SBT
Imagem: Divulgação
  • Réu: Danilo Gentili

  • Acusação: Danos morais e ofensa à honra

  • Indenização: R$ 50 mil

O Réu Danilo Gentili extrapolou seu direito à liberdade de expressão, ofendendo a honra, a intimidade e a imagem pública do Autor, o que lhe acarretou dano moral.

Rafinha Bastos no estúdio do UOL - Lucas Lima/UOL - Lucas Lima/UOL
O humorista Rafinha Bastos
Imagem: Lucas Lima/UOL

  • Réu: Rafinha Bastos

  • Acusação: Danos morais e ofensa à honra

  • Indenização: R$ 50 mil

Mas, no caso em tela, sob o falso pretexto de informar e exercer seu direito à liberdade de expressão, o Réu atacou, diretamente, a honra e a imagem do Autor, deferindo-lhe ofensas gratuitas e imputando-lhe conduta delitiva e criminosa.

O youtuber Felipe Castanhari - Divulgação - Divulgação
O youtuber Felipe Castanhari
Imagem: Divulgação
  • Réu: Felipe Castanhari

  • Acusação: Danos morais e ofensa à honra

  • Indenização: R$ 50 mil

Mesmo ciente de que não havia qualquer processo investigativo ou judicial que tivesse apurado a existência de assédio sexual e moral, ainda assim o Réu adotou, como premissa, que o Autor teria cometido esse crime/delito, passando a veicular tal informação aos seus milhões de seguidores.

Marcos Veras - Reprodução/ Instagram - Reprodução/ Instagram
Marcos Veras
Imagem: Reprodução/ Instagram
  • Réu: Marcos Veras

  • Acusação: Danos morais e ofensa à honra

  • Indenização: R$ 50 mil.

O Réu simplesmente imputa conduta delitiva e criminosa à pessoa do Marcius Melhem, partindo da premissa de que, comprovadamente, ele seria um assediador, um criminoso.

Segundo Marcello Panella, sócio do escritório de advocacia que representa Melhem, os valores das indenizações serão todos revertidos e doados para entidades carentes que Marcius irá indicar.

O outro lado

A Splash, a assessoria de Marcos Veras afirmou que o ator só se pronunciará após receber notificação judicial, o que ainda não ocorreu. Splash também procurou as assessorias de Danilo Gentili, Rafinha Bastos, Felipe Castanhari e a revista Piauí, mas até esta publicação desta matéria não obteve retorno.

Entretenimento