PUBLICIDADE
Topo
Entretenimento

Entretenimento

Faustão exalta Hebe e diz ter rejeitado 'ganhar audiência' com sua doença

Reprodução/Globoplay
Imagem: Reprodução/Globoplay
do UOL

Do UOL, em São Paulo

10/05/2020 19h55

Exibindo a edição de 2010 do Troféu Mário Lago, vencido por Hebe Camargo, o "Domingão do Faustão" deste Dia das Mães prestou uma homenagem à apresentadora, vítima de uma parada cardiorrespiratória em setembro de 2012.

Entre trechos da participação de Hebe no programa —e, mais especificamente, no quadro "Aquivo Confidencial"—, Faustão revelou que só aceitou chamá-la ao "Domingão" depois que a apresentadora já havia se curado do câncer descoberto em janeiro daquele ano. Segundo Fausto, ele não queria "ganhar audiência" às custas da doença de Hebe.

O Troféu Mário Lago 2010 foi ao ar em 26 de dezembro de 2010, quase dez meses depois que a apresentadora voltou a trabalhar, em 8 de março. Por sua personalidade e seus 60 anos de história na TV, Hebe foi escolhida como grande vencedora do prêmio.

"Tem coisas na vida que dificilmente a gente sabe explicar. Como vou explicar a imensidão que estou sentindo? Foi uma emoção tão grande, me senti como uma estrela!", descreveu a apresentadora à época.

'Domingão' da nostalgia

O programa, que suspendeu todos os quadros ao vivo por conta do novo coronavírus, hoje relembrou artistas que marcaram a infância de muitos nas décadas de 1980, 1990 e 2000.

Xuxa, Angélica, Mara Maravilha e Sérgio Mallandro, à época apresentadores de programas infantis, foram os primeiros a "aparecer". O "Domingão" ainda exibiu apresentações antigas de Toquinho, que cantou o clássico "Aquarela", e Sandy & Junior (ainda crianças!) com "O Universo Precisa de Vocês".

Ainda houve espaço para Trem da Alegria, Balão Mágico, Dominó, Molejo e Rouge, que agitou o público do "Domingão" com "Ragatanga" em 2002.

Entretenimento