Topo

Geisy fala sobre perda de seguidores: "Nunca fiz conteúdo para ser aceita"

Geisy amarrada com a técnica shibari - Reprodução/ Instagram
Geisy amarrada com a técnica shibari Imagem: Reprodução/ Instagram
do UOL

Colaboração para o UOL

19/11/2019 17h10

Geisy Arruda, que ontem constatou a perda de 7 mil de seguidores no Instagram depois de publicar fotos em que aparece amarrada por cordas, de lingerie, foi hoje ao Twitter comentar a debandada. Ela disse que não se importa com os seguidores a menos, uma vez que "nunca gerou conteúdo para ser aceita".

"Alguns sites repercutindo que eu perdi seguidores, por causa das fotos do shibari [técnica japonesa fetichista, em que a pessoa é amarrada por cordas]. Minha face de preocupada", postou Geisy, acompanhando a mensagem com um emoji de rosto sereno.

"Eu quero mais é que se lasque. Vão tarde. Nunca gerei conteúdo para ser aceita e muito menos para agradar a massa mais conservadora", escreveu a influencer.

Ontem, Geisy havia postado, também no Twitter: "Perdi mais de 7 mil seguidores no Instagram com as fotos do shibari. Incrível como o desconhecido assusta e causa tanta ignorância".

Na última semana, a influenciadora digital postou fotos no Instagram em que aparece amarrada por cordas e, no YouTube, falou sobre a experiência com as duas sessões de shibari de que participou.

Ela disse que, da primeira vez, foi amarrada de roupa, mas não se sentiu totalmente à vontade. "Eu senti muito medo e fiquei muito ansiosa. Senti falta de ar, o que é normal", disse. Da segunda vez, em que foi amarrada de lingerie, ela já se sentiu melhor. Ela diz que continuará praticando o shibari.

Entretenimento