PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras entra em fase final de reforma no CT para ter gramado sintético

Campo do CT do Palmeiras passa por reforma para receber gramado sintético - Danilo Lavieri/UOL Esporte
Campo do CT do Palmeiras passa por reforma para receber gramado sintético
Imagem: Danilo Lavieri/UOL Esporte
do UOL

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

27/02/2020 15h54

O Palmeiras continua a reforma em seu Centro de Treinamento para a instalação do gramado sintético em um dos campos. Nesta quinta-feira (27), todo o piso estava coberto com as britas, que também já receberam tratamento de uma máquina e materiais químicos que ajudam na compactação.

O produto aplicado, uma espécie de manta, ainda tem características que ajudam na drenagem do gramado, que ainda conta com canaletas que também facilitarão o escoamento de água. A ideia é que o tapete sintético comece a ser implantado na terça-feira, dia 3 de março.

"A gente terminou a fase de compactar, colocamos uma espécie de manta, mas que não impermeabiliza o piso. Agora, não enfrentamos mais tantos problemas com chuvas ou mudança de tempo, porque o piso não afunda mais, não atrapalha o maquinário. Eu imagino que na terça a gente comece a instalar o gramado, depois da colocação de mais algumas camadas", disse Alessandro Oliveira, CEO da Soccer Grass, empresa responsável pela reforma.

A demora em relação à reforma do estádio é explicada por conta das dificuldades encontradas no piso da Academia, com muita terra, o que formava lama em dias de chuva. Essa situação impossibilitava que máquinas de construção pudessem entrar no gramado antigo, uma vez que o tipo de terreno faria com que elas pudessem até atolar no barro.

Já no Allianz, a mudança foi mais rápida por conta da menor presença de material orgânico. Por isso, o Palmeiras já pôde jogar duas vezes no seu estádio após a troca da grama. A alternativa até aqui tem sido treinar diretamente no seu estádio.

Esporte