PUBLICIDADE
Topo

Treinador festeja momento certo para luta entre Khabib e Ferguson: "Maior do que nunca"

Ag. Fight

19/02/2020 14h41

No dia 18 de abril, Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson vão tentar pela quinta vez realizar este tão aguardado duelo no Ultimate. Após quatro cancelamentos, os atletas se enfrentam na luta principal do UFC 249, válida pelo cinturão peso-leve (70 kg) da organização. E quem parece estar ansioso para poder finalmente ver esse confronto sair do papel é Javier Mendez, um dos responsáveis por treinar o campeão da categoria.

Em entrevista ao site 'MMA Junkie', o treinador da AKA exaltou que Khabib e Ferguson se encarem neste momento de suas carreiras e ainda mais pelo título da divisão. Para ele, os dois lutadores vivem suas melhores fases dentro do Ultimate e agora, ao contrário das outras oportunidades, vão poder realizar um combate mais grandioso para os fãs e organização.

"É como se as coisas tivessem escritas para ser assim. Eles deveriam (ter se enfrentado antes) e isso não aconteceu, mas agora é maior do que nunca. Então talvez fosse para eles lutarem em um cenário muito maior. Ambos estão em vitórias e, se não me engano, esta é a primeira vez que uma luta de 12-0 contra 12-0 no UFC. Portanto, tem um significado mais alto e com razão. Campeão número um, número dois Tony, você sabe. Essa é a primeira vez que você tem duas pessoas em ascensão enfrentando uma à outra e ela foi construída quatro ou cinco lutas anteriormente, então isso é maior do que nunca", afirmou, completando sobre a evolução de ambos os lutadores desde a primeira vez que a luta foi marcada, em 2015.

"Não é a mesma coisa. Veja como Tony ficou bom. Você não pode dizer que é o mesmo, de jeito nenhum. E veja como Khabib ficou bom. Temos que olhar para eles como se fosse uma luta totalmente nova. Nós sabemos o que estamos vendo. Coisas diferentes surgiram para os dois", completou o técnico da American Kickboxing Academy.

A última vez que Khabib Nurmagomedov pisou no octógono aconteceu em setembro de 2019, quando finalizou Dustin Poirier e defendeu pela segunda vez o cinturão dos leves da franquia. Já Tony Ferguson, em junho, superou Donald Cerrone por nocaute.

Esporte