Topo

Ex-desafiante aconselha Corey Anderson sobre title shot: "Vença o próximo cara e não reclame"

Ag. Fight

20/11/2019 13h12

Corey Anderson vem de vitória sobre Johnny Walker no UFC 244 - Jason Silva/ PXImages

Corey Anderson parece irredutível em sua busca por uma chance pelo cinturão meio-pesado (93 kg) do UFC em sua próxima luta. Com a possibilidade de Dominick Reyes ser o seguinte desafiante ao título de Jon Jones, o lutador já declarou que considera esperar pelo vencedor da disputa ao invés de se manter na ativa. Crítico da postura do rival de divisão, Anthony Smith aconselhou 'Overtime' a parar de reclamar e seguir vencendo seus oponentes até conseguir o tão sonhado 'title shot'.

Vindo de quatro triunfos consecutivos - sendo o último sobre a estrela em ascensão Johnny Walker, no UFC 244 -, Corey Anderson tem disparado críticas ao modo como é tratado pelo Ultimate. O meio-pesado, que se sente desprestigiado pela organização, já deixou claro sua intenção de apenas retornar ao octógono em uma disputa pelo cinturão. Estratégia considerada equivocada por Anthony Smith - ex-desafiante ao título da divisão e atual terceiro colocado no ranking até 93 kg - que, ao programa de rádio 'MMA Tonight', relembrou sobre sua própria experiência para aconselhar o rival.

"Apenas abaixe sua cabeça, vença o próximo cara e não reclame sobre isso. E depois, de vez em quando, tente ser um pouco empolgante e pare de falar m*** sobre caras que fizeram do jeito certo. (...) Então, ao invés de falar m***, talvez tente emular um pouco o que nós fazemos, tente conseguir uma finalização, pare de falar m*** sobre o UFC, e apenas vença o próximo cara. É simples assim. (...) Não é tão difícil. Eu sou o próximo cara que você tem que vencer. É simples", explicou Anthony Smith, antes de comentar sobre o que fez antes de conseguir seu title shot.

"Eu apenas venci o próximo cara. Quando o UFC disse: 'Oh, o que você acha que vem em seguida?'. 'Qualquer um que você achar que é o próximo. Quem eu tenho que vencer para conseguir um title shot?'. 'Bem, Volkan Oezdemir é o número dois'. 'Dê-me essa p*** desse cara então'. E foi isso que eu fiz. As vezes, você precisa abaixar sua cabeça, trabalhar e parar de reclamar o tempo inteiro", concluiu o lutador.

Após perder por pontos para Jon Jones na disputa pelo cinturão meio-pesado do UFC em março deste ano, Anthony Smith se recuperou ao derrotar Alexander Gustafsson por finalização no último dia primeiro de junho, na Suécia. O lutador segue sem adversário definido para sua próxima apresentação no octógono mais famoso do mundo.

Esporte