Topo

Hamilton é punido por incidente com Albon no GP do Brasil; Sainz vira 3º

17/11/2019 17h43

São Paulo, 17 nov (EFE).- O britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, foi punido neste domingo pelo incidente com o tailandês Alexander Albon, da Red Bull, nas voltas final do Grande Prêmio do Brasil, vencido pelo holandês Max Verstappen, também da equipe austríaca, o que mudou o resultado final da prova.

O campeão mundial por antecipação, que terminou na terceira colocação, foi considerado culpado por tirar o adversário da pista faltando duas voltas para o fim. O dono do carro 44 teve acrescentado ao tempo final, cinco segundos, com isso, despencou para o sétimo lugar.

Dessa forma, o espanhol Carlos Sainz, da McLaren, herda o último lugar no pódio, alcançando a melhor posição na carreira. O finlandês Kimi Raikkonen e o italiano Antonio Giovinazzi, ambos da Alfa Romeo, e o australiano Daniel Ricciardo, da Renault, também sobem e passam a ocupar do quarto ao sexto postos, nesta ordem.

Verstappen e o francês Pierre Gasly, da Toro Rosso, seguem como primeiro e segundo colocados; assim como se mantêm nas mesmas posições que terminaram a corrida o britânico Lando Norris, da McLaren que foi sétimo, seguido pelo mexicano Sergio Pérez, da Racing Point; e pelo russo Daniil Kvyat, da Toro Rosso. EFE

Esporte