Topo

Ceni cita vestiário diferente e elogia postura de um Cruzeiro que competiu

do UOL

Do UOL, em Belo Horizonte

14/09/2019 21h54

O técnico Rogério Ceni lamentou o revés do Cruzeiro de 1 a 0 para o Palmeiras, mas elogiou a postura dos seus jogadores no Allianz Parque. Segundo o técnico, se o Cruzeiro jogar com a mesma vontade mostrada na partida de hoje, o time vai sair da situação incômoda no Brasileirão, entre os últimos da tabela e flertando com a zona de rebaixamento.

"Jogamos de igual para igual. Tivemos uma grande oportunidade no início do jogo, com o David (Weverton fez ótima defesa), e o Palmeiras não deu um chute a gol no primeiro tempo. Mas o torcedor viu um time que competiu. Se a gente competir dessa maneira, vamos sair dessa situação", iniciou.

Assim como aconteceu após a derrota para o Grêmio, na semana passada, Rogério foi, novamente, muito sincero em sua entrevista, mas, desta vez, para elogiar o grupo celeste. Segundo ele, já foi possível notar um vestiário diferente, e foi elogiável a maneira como os jogadores se comportaram.

"A postura foi outra, eu também não gosto de perder, mas é como eu falo, tem derrotas e tem derrotas. Hoje o time lutou até o fim. Tenho certeza que o torcedor ficou esperançoso para que uma bola entrasse", acrescentou.

Apesar da evolução, o Cruzeiro segue em situação ruim na tabela. Com 18 pontos na primeira metade do campeonato, o time já registra seu pior 1º turno de Brasileirão. Agora, para iniciar uma reação, a equipe terá que mostrar um futebol ainda melhor na próxima rodada, já que o adversário será ninguém menos que o Flamengo, que venceu o Santos e garantiu a ponta da tabela.

"Temos mais um adversário bem difícil. No momento mais complicado, jogamos contra o primeiro e segundo colocado. Mas com essa postura nós podemos fazer um bom jogo contra o Flamengo. É complicado, difícil, mas não é impossível vencer. Se jogar com essa pegada, independente dos nomes em campo, veremos um Cruzeiro diferente", encerrou.

Mais Esporte