PUBLICIDADE
Topo

Carioca assume ser ela em vídeo pornô atribuído a dançarina do La Fúria

Karoline Coutinho em ensaio com lingerie de cristais; ela assumiu que é ela em vídeo pornô que vazou - Reprodução - Foto Marcos Mello
Karoline Coutinho em ensaio com lingerie de cristais; ela assumiu que é ela em vídeo pornô que vazou Imagem: Reprodução - Foto Marcos Mello
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

do UOL

Colunista do UOL

19/01/2020 13h41

Resumo da notícia

  • Vídeo pornô de 34s foi atribuído a Braba, da La Fúria
  • Artista negou ser ela no vídeo, mas alguns fãs duvidaram
  • Braba achou a "dona" do vídeo, que admitiu ser ela em "ação"

A semana foi turbulenta para a dançarina e back vocal Braba, da banda de pagode baiana La Fúria.

Um vídeo pornô de 34 segundos vazou na internet e logo alguns fãs e internautas passaram a espalhar que a garota no vídeo era a artista, dada a (vaga) semelhança.

Como sempre, a internet "explodiu" em polêmica, comentários e a repercussão foi tanta que Braba teve de ir às suas redes sociais negar que fosse a "personagem" do vídeo em questão.

Com muito bom humor, a dançarina da La Fúria aproveitou também para elogiar a performance da garota do vídeo.

"Queria eu ter uma 'raba' daquelas e aquele desenvolvimento que aquela mulher tem", elogiou às gargalhadas a baiana.

Mesmo assim muitos fãs seguiram em dúvida.

A polêmica só terminou porque a modelo carioca Karoline Coutinho decidiu mostrar a cara e assumir que é ela no vídeo em questão.

Em entrevista a esta coluna, Karoline, 22, afirmou que não se arrepende do vídeo e que só se revelou porque foi procurada pela própria Braba e ficou com receio de prejudicar a artista de alguma forma.

Seguida por mais de 300 mil pessoas, Braba, agradecida, "repostou" o vídeo de Karoline assumindo ter feito o pornô.

O resultado é que em menos de 24 horas a carioca Karoline já havia virado a nova "musa" da internet: e um perfil fechado com menos de 2.000 seguidores passou para um aberto e já rumando para 20 mil. E contando...

Karoline vive no eixo Rio São Paulo é também conhecida como Pocahontas Carioca.

À coluna, ela disse que sua família ficou "obviamente chocada" com o vídeo, mas que acabou sendo compreensiva.

Disse ainda que muita gente está escrevendo e lhe oferecendo dinheiro por vídeos exclusivos.

Ela também já foi sondada na última semana por supostos produtores de filmes eróticos.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops

Entretenimento