Topo

Velório de Ricardo Boechat será aberto ao público nesta segunda, no MIS

do UOL

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

11/02/2019 19h48

Ricardo Boechat será velado nesta segunda-feira (11), a partir das 22h, no MIS (Museu da Imagem e do Som), em São Paulo. O público poderá visitar o local para se despedir do jornalista do Grupo Bandeirantes, que morreu na queda de um helicóptero na rodovia Anhanguera, enquanto voltava de uma palestra em Campinas.

O velório no MIS acontecerá até as 14h desta terça. Em seguida, o corpo será cremado em cerimônia reservada. A Band não informará o cemitério a pedido da família do apresentador.

A morte de Boechat, aos 66 anos, foi confirmada ao vivo, na Band, pelo apresentador José Luiz Datena. O piloto, Ronaldo Quattrucci, que tentava fazer um pouso de emergência quando a aeronave foi atingida por um caminhão, também morreu no acidente.

Pela manhã, Boechat havia participado de um evento de um laboratório farmacêutico em Campinas e retornava para o heliponto da Band na hora da queda. O acidente com o helicóptero envolveu também um caminhão e ocorreu por volta do meio-dia, logo abaixo do quilômetro 7 do viaduto do Rodoanel, no sentido rodovia Castelo Branco, na Grande São Paulo.

Segundo o Corpo de Bombeiros, os ocupantes da aeronave morreram na hora. A Força Aérea Brasileira informou em comunicado que apura as causas do acidente.

Trajetória

Nascido em Buenos Aires, Ricardo Eugênio Boechat era filho da argentina Mercedes Carrascal, de 86 anos, que vive em Niterói desde 1956. O pai, Dalton, era diplomata e estava a serviço no país vizinho.

Vencedor de três Prêmios Esso, um dos mais respeitados do jornalismo, Boechat começou na profissão na década de 1970, como repórter do extinto "Diário de Notícias". Em 1983, migrou para o jornal "O Globo". Passou a ganhar espaço na TV como comentarista do "Bom Dia Brasil" entre 1997 e 2001, quando deixou a Globo. Desde 2006, ancorava o "Jornal da Band".

Boechat era casado pela segunda vez com Veruska Seibel, de 46 anos, desde 2005, e tinha duas filhas com ela: Valentina, 12, e Catarina, 10. Ele deixa outros quatro filhos: Bia, 40, Rafael, 38, Paula, 36, e Patricia, 29, frutos do casamento com Claudia Costa de Andrade.

Mais Entretenimento