PUBLICIDADE
Topo

Joanna prega respeito a Zhang e revela parte da estratégia para duelo no UFC 248

Ag. Fight

26/02/2020 14h41

No dia 7 de março, no UFC 248, Joanna Jedrzejczyk terá a chance de recuperar o cinturão peso-palha (52 kg) do Ultimate, quando encara a atual campeã Zhang Weili, na co-luta da noite. Ciente da importância deste confronto para a sua carreira, a ex-campeã da divisão pregou respeito à adversária e adiantou qual será sua estratégia contra a chinesa.

Em participação no programa 'The Ariel Helwani's MMA Show', a polonesa colocou o favoritismo da disputa no colo de Zhang e, além disso, elogiou os talentos da atual campeã. Dessa maneira, pregou cautela e já revelou uma tática para poder evitar a potência dos ataques da rival e conseguir impor seu jogo durante os rounds.

"Ela é a campeã, então todos os olhos estão nela. É bastante perigosa no início da luta, vai para cima e solta muitos golpes. Ela pode nocautear suas rivais, pois é muito forte. Preciso ter cautela e lutar de maneira inteligente", disse a ex-campeã, emendando.

"Não gosto da maneira como as pessoas me definem e de minha carreira depois que perdi o cinturão. Mas eu sei quem sou. Não tenho que provar (nada), mas quero deixar claro que sou uma das melhores lutadoras de todos os tempos", completou a polonesa.

No MMA desde 2012, Jedrzejczyk acumula 16 vitórias e três derrotas em seu cartel. Em março de 2015, a polonesa conquistou o cinturão dos palhas do UFC, ao derrotar Carla Esparza. Somente em 2017, a lutador perdeu o posto de número um, ao ser superada por Rose Namajunas. Ela ainda tentou o título do peso-mosca (57 kg), ao desafiar Valentina Shevchenko, mas acabou superada. De volta a sua divisão de origem, ela vem de vitória sobre Michelle Waterson, por decisão unânime dos jurados, em outubro de 2019.

Esporte