PUBLICIDADE
Topo

Feliz longe do UFC, Cris 'Cyborg' destaca importância de possível conquista de título no Bellator

Ag. Fight

24/01/2020 09h47

Neste sábado (25), Cris 'Cyborg' vai fazer sua estreia no Bellator. Logo em seu debute, a brasileira vai lutar pelo cinturão do peso-pena (66 kg) diante da campeã Julia Budd, na edição 238 do show. E a atleta não escondeu a motivação por estar em uma nova organização, longe dos problemas que teve que lidar no Ultimate e perto de poder conquistar mais um título para a sua carreira vitoriosa.

Em entrevista ao site 'MMA Junkie', a brasileira se mostrou animada e feliz por não ter mais que lidar com o presidente do UFC, Dana White, com quem teve inúmeros desentendimentos. A ex-campeã do Ultimate garantiu que seu foco agora é mostrar seu talento dentro do cage do Bellator e está empolgada para o desafio.

"Eu me sinto jovem, motivada. Estou feliz por um novo capítulo na minha carreira. Animada por ter essa luta. Sinto em meu coração que essa perda (de relacionamento com Dana White) foi um presente de Deus. Porque se isso não acontecesse, eu não estaria aqui agora. E agora estou muito feliz por este novo capítulo, nova era para mim. Estou tão feliz no Bellator. Se não acontecesse, eu teria que ficar infeliz e lutando todos os dias", disse a brasileira, antes de comentar sobre a chance e a importância de tentar conquistar o cinturão da organização.

"Acho que o cinturão significa muito de mim e apenas ficarei feliz de tê-lo ao meu redor. Para mim, usar essa organização para compartilhar minha fé, tocar o coração das pessoas e fazer o que eu amo fazer. Esse cinturão é importante para tocar o coração das pessoas. Vou segurar a mão delas por um longo tempo", completou.

Cris 'Cyborg' vem de vitória sobre Felicia Spencer, em sua última luta pelo UFC, disputada em julho de 2019. Já a canadense, atual campeã peso-pena do Bellator, está invicta na entidade e acumula sete vitórias seguidas desde que debutou no cage da franquia.

Esporte