PUBLICIDADE
Topo

Whittaker se pronuncia após desistir de luta no UFC 248: "Preciso de um tempo para minha família"

Ag. Fight

17/01/2020 16h26

Inicialmente escalado para enfrentar Jared Cannonier no UFC 248, que será realizado no dia 7 de março, Robert Whittaker se retirou do combate sem revelar seus motivos. Na última quinta-feira (16), o ex-campeão peso-médio (84 kg) utilizou sua conta no 'Instagram' para divulgar um comunicado sobre o assunto (veja abaixo ou clique aqui).

Ainda que não tenha revelado o real motivo de sua desistência, o australiano explicou que precisava se afastar do esporte para poder passar um tempo com sua família. O confronto contra Cannonier seria o primeiro de Whittaker desde que perdeu o título dos médios ao ser nocauteado por Israel Adesanya, no UFC Austrália, em outubro de 2019. O Ultimate ainda não confirmou o substituto do ex-campeão, e Cannonier segue sem oponente para o evento de março.

"Peço desculpas a todos os meus amigos, fãs e família por não ser capaz de lutar em março. Muito tem acontecido nos últimos 12 meses e eu preciso tirar um tempo agora para estar com a minha família, desacelerar as coisas e me focar novamente. Desculpa todo mundo novamente, mas eu voltarei. O melhor ainda está por vir", escreveu Whittaker.

Esta não será a primeira vez que Robert Whittaker cancela uma luta nos últimos anos. Recentemente algumas lesões obrigaram o australiano a desistir de outros combates marcados. Além da batalha com sua saúde física, o ex-campeão também revelou que sofreu de depressão, e que chegou a cogitar a aposentadoria por conta da doença.

 

Ver essa foto no Instagram

 

I'm sorry to all my friends, supporters and family for not being able to fight in March. A lot has happened over the 12 last months and I need to take some time now to be with my family, slow things down and to refocus. Sorry to everyone again but I'll be back. The best is yet to come.

Uma publicação compartilhada por Robert Whittaker (@robwhittakermma) em 16 de Jan, 2020 às 5:45 PST

Esporte