PUBLICIDADE
Topo

Todas as partidas de futebol no Chipre são suspensas após ataque a árbitro

Bomba de fabricação caseira explodiu o carro do árbitro Andreas Constantinou, que não ficou ferido; federação decidiu suspender todos os jogos, em todas as divisões - CFA/Divulgação
Bomba de fabricação caseira explodiu o carro do árbitro Andreas Constantinou, que não ficou ferido; federação decidiu suspender todos os jogos, em todas as divisões Imagem: CFA/Divulgação

Da AFP, em Nicósia (Chipre)

17/01/2020 16h22

Todos os jogos de futebol estão suspensos por tempo indeterminado no Chipre, anunciou hoje a federação de futebol do país, em reação à greve dos árbitros, em apoio a um colega que foi vítima de um atentado a bomba.

A federação decidiu suspender todos os jogos, em todas as divisões, e condenou o ataque ocorrido em Larnaca, uma cidade litorânea no sul do Chipre. A entidade chamou o incidente de "ato de terrosismo" destinado a desestabilizar o futebol cipriota ao criar "um clima de medo" entre os árbitros.

Na madrugada de quinta para sexta-feira, uma bomba de fabricação caseira explodiu o carro do árbitro Andreas Constantinou, que não ficou ferido.

Em outro comunicado, a associação de árbitros do Chipre declarou apoio ao árbitro de 33 anos e pediu aos dirigentes do futebol e à imprensa para "pararem de colocar lenha na fogueira" com comentários demasiadamente críticos às decisões dos árbitros em campo.

Estes acontecimentos ocorrem em um contexto de suspeitas em relação a diversas partidas do Campeonato Cipriota que poderiam ter sido manipuladas para favorecer esquemas de apostas esportivas. A Uefa indicou para a federação cipriota 84 jogos suspeitos desde 2011. Ninguém foi condenado até hoje.

Em 2015, a federação cipriota já havia suspendido todos os jogos no país por uma semana, também em resposta a uma greve de árbitros motivada por um atentado a bomba.

Esporte