Topo

Juanfran diz não torcer pelo Fla e mostra irritação com jejum do São Paulo

Juanfran - Marcello Zambrana/AGIF
Juanfran Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
do UOL

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

20/11/2019 13h24

Juanfran se mostrou motivado com a possibilidade de ter um 2020 mais promissor no São Paulo. O lateral direito não escondeu o incômodo com a falta de vitórias do Tricolor paulista, que nas últimas três rodadas do Campeonato Brasileiro obteve duas derrotas e um empate. No entanto, a expectativa do espanhol é de que o clube reencontre o caminho dos triunfos em breve.

"De zero a 10, é 11 [insatisfação com a falta de resultados], porque eu sou ganhador, esse time é ganhador, a história desse clube é vencedora. Se não ganha, fica algo dentro de nós que incomoda. Incomoda a torcida, o clube, todo mundo. Mas isso vai mudar e vai melhorar", disse Juanfran, que encara com naturalidade a pressão de jogar em um clube que não conquista um título desde 2012.

"É uma pressão que temos que lidar com boa cabeça e sabendo que é a realidade de hoje em dia no São Paulo. É normal nossa torcida querer ganhar, é um clube ganhador, um clube que ganhou muitos títulos e que está há muitos anos sem ganhar, é normal", completou o espanhol.

Caso o Flamengo conquiste a Copa Libertadores, uma vaga a mais na fase de grupos do torneio continental será aberta no Brasileirão. Por isso, há muita gente no Morumbi de olho na decisão entre os cariocas e o River Plate, da Argentina. Ainda assim, Juanfran não está empolgado para torcer para o Rubro-negro.

"Não podemos torcer pelo Flamengo, o São Paulo não pode torcer pelo Flamengo. Mesmo eu tendo parceiros lá, como Filipe Luís e Diego, não podemos torcer. Temos que pensar em ganhar do Ceará. Um time grande pensa em si mesmo, não pensa nos demais. Nós somos time grande", afirmou o lateral.

Esporte