Topo

D'Silva revela que preferia ter encarado 'estrangeiro' e deseja que 'Barão' se reerga

Marcel Alcântara e Neri Fung, em São Paulo (SP)

Ag. Fight

17/11/2019 12h28

Douglas 'D Silva' derrotou no UFC São Paulo - Leandro Bernardes/PxImages

Enfrentar alguém que admira e ter sido um dos espelhos para chegar ao Ultimate é uma tarefa delicada. Douglas D'Silva passou por isso no último sábado (16), ao enfrentar e vencer Renan 'Barão', no UFC São Paulo, por decisão dos jurados. Com este resultado, o paraense deixou seu rival em situação delicada na organização, já que acumula cinco derrotas seguidas. Dessa maneira, revelou que se encontrou em uma mistura de sentimentos.

Em conversa com a imprensa após o confronto, Douglas reiterou sua admiração pelo ex-campeão peso-galo (61 kg) do Ultimate. Além disso, admitiu que não gostaria de tê-lo enfrentado e preferia encarar um adversário estrangeiro, já que tem consciência de que com mais esse revés, 'Barão' tem sérios riscos de ser demitido da franquia.

"É um cara que sempre admirei muito. Além de levar nossa bandeira, foi um de vários que estão nessa lista que me impulsionaram a treinar, a lutar. Eu podendo lutar com ele, sem palavras. Ficava pensativo (sobre essa fase do 'Barão), mas logo depois veio essa chamada (para lutar contra ele). Então, vamos lá. É profissionalismo. Vamos para fazer meu trabalho, mas eu preferia um estrangeiro, outra pessoa, nada de brasileiro. Ele então, é um detalhe a mais, por admirá-lo muito", afirmou o lutador, sem saber responder o motivo dessa fase tão ruim do compatriota.

"Não sei o que houve, são coisas pessoais dele. Não sei se tem problema familiar, só desejo que possa se reencontrar. Na nossa caminha tem essas marés, lesão, coisas pessoais, vários fatores. Desejo que se reerga".

Para este combate contra 'Barão', Douglas fez uma nova preparação agora na academia de Pedro Rizzo, no Rio de Janeiro. O peso-pena afirmou que já colheu bons frutos dessa nova fase da carreira ao lado do ex-lutador do UFC. Apesar de ter acabado de lutar, o atleta já se colocou à disposição da organização para nova peleja.

"Consegui uma base de estrutura e me achar mais na academia que estou, e com isso já volto a preparação o mais rápido, para aceitar alguma luta quando o Ultimate chamar. Estou pronto para isso. Contra quem botar, vamos para a guerra", completou o lutador, que anteriormente atuava na categoria peso-galo (61 kg) e agora está nos penas.

No Ultimate desde 2014, Douglas D'Silva agora tem cinco vitórias e três derrotas na organização. Já na carreira, são 26 triunfos, apenas três reveses e um 'No Contest' (luta sem resultado).

Esporte