Topo

Hamilton espera Wolff antes de negociações de contrato para 2021

14/11/2019 20h03

Por Marcelo Teixeira

SÃO PAULO (Reuters) - Lewis Hamilton pretende permanecer na Fórmula 1 depois de 2020, mas disse nesta quinta-feira que quer saber os planos pessoais do chefe de equipe da Mercedes, Toto Wolff, antes de assinar qualquer novo acordo.

O seis vezes campeão mundial, como a maioria de seus rivais, fica sem contrato após a próxima temporada, com uma grande mudança no esporte programada para 2021.

Ele reconheceu no Grande Prêmio do Brasil, no entanto, que está "meio que unido" com a Mercedes depois de sete anos juntos.

Também pode haver mudanças no comando da Fórmula 1 pós-2020 e o austríaco Wolff foi apontado como alguém que poderia desempenhar esse papel.

"Eu sei que ficar preso em qualquer posição por muito tempo nem sempre pode ser positivo, então eu sempre quero que as pessoas abram suas asas e façam o que é melhor para suas carreiras", disse Hamilton.

"Não sei o que é isso para ele (Wolff), só ele saberá", acrescentou o britânico, que disse que Wolff tem sido "a combinação perfeita" para ele e a Mercedes.

"Naturalmente, não quero que ele vá embora, principalmente se eu permanecer no esporte. É importante para mim", afirmou.

A Mercedes já conquistou os títulos de construtores e pilotos em 2019 pela sexta temporada consecutiva.

Esporte