Topo

Maratona dos Jogos-2020 pode ser transferida de Tóquio para Sapporo devido a calor

16/10/2019 11h53

Lausana, Suíça, 16 Out 2019 (AFP) - O Comitê Olímpico Internacional (COI) contempla transferir a maratona e as competições de marcha atlética dos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020 para Sapporo, no norte do Japão, para "proteger os atletas" do forte calor esperado na capital, anunciou nesta quarta-feira a entidade.

A mudança para a ilha de Hokkaido, a prefeitura mais setentrional do Japão, "permitiria aos atletas competirem sob temperaturas claramente menos elevadas durante os Jogos Olímpicos", explicou o COI.

Este anúncio acontece duas semanas após o Mundial de atletismo de Doha, onde o forte calor nas provas da marcha atlética e da maratona provocou muitos abandonos.

A maneira de garantir a transferência das provas da maratona e da marcha atlética "será discutida com todas as partes envolvidas", especialmente a cidade de Tóquio, a federação de atletismo e os donos dos direitos de transmissão, explicou o COI.

A comissão de coordenação do COI para Tóquio-2020 dedicará uma sessão especial, em sua reunião em 30 de outubro a 1º de novembro na capital japonesa, às medidas para lutar contra o calor.

Em Sapporo, sede dos Jogos Olímpicos de Inverno-1972, as temperaturas durante os dias de competição dos Jogos (24 julho-9 de agosto) serão "de cinco a seis graus centígrados mais frescas que em Tóquio" durante o dia. A capital se encontra 800 km ao sul, explicou o COI em comunicado.

Este projeto faz parte de um "amplo leque de medidas tomadas de agora em diante" pelo comitê de organização em colaboração com o COI e as federações internacionais "para mitigar os efeitos das temperaturas elevadas que poderiam ser registradas no próximo verão", completou o COI.

Desta maneira, no atletismo, as provas de fundo serão disputadas à noite e não pela manhã, detalhou o COI.

ebe/dep/gh/am

Esporte