Topo

Após contratação de CR7, Juventus tem prejuízo de R$ 178 milhões

Cristiano Ronaldo lamenta durante jogo pela Juventus - Alberto Lingria/Reuters
Cristiano Ronaldo lamenta durante jogo pela Juventus Imagem: Alberto Lingria/Reuters

20/09/2019 15h53

A Juventus anunciou hoje uma perda de 39 milhões de euros (cerca de R$ 178 milhões) no último ano, mais que o dobro do prejuízo do balanço anterior, com os custos da transferência de Cristiano Ronaldo como principal peso nas contas do clube de Turim.

Durante a temporada 2017-18, a Juventus havia anunciado um prejuízo de 19,2 milhões de euros (R$ 87,7 milhões). Nos três anos anteriores, as contas do clube tinham ficado no verde, inclusive registrando um lucro de 42 milhões de euros (R$ 191 milhões) em 2016-2017.

Cristiano Ronaldo se transferiu em junho de 2018 para a Juventus, que pagou 100 milhões de euros (R$ 447 milhões na época) ao Real Madrid pelo jogador. O português também recebe um salário anual estimado em 31 milhões de euros (R$ 141 milhões).

Os dirigentes turinenses alertaram que a transferência pesaria nas contas do clube em um primeiro momento, até que o "efeito Ronaldo" se traduzisse em um aumento de receita.

De fato, as receitas da Juventus cresceram, mas ainda são insuficientes em relação às despesas. A Juventus anunciou hoje uma receita de 621,5 milhões de euros (R$ 2,8 bilhões), um aumento de 23% em relação ao período anterior.

O clube também anunciou um aumento de capital podendo chegar aos 300 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão) até 2020.

Este valor servirá para colocar em prática um plano de desenvolvimento para o período 2019-2024 que prevê "a manutenção da competitividade esportiva" e "o aumento das receitas operacionais e da visibilidade da marca Juventus nos mercados internacionais".

Mais Esporte