Topo

Corinthians e Fluminense empatam sem gols pelas quartas da Sul-Americana

22/08/2019 23h33

São Paulo, 22 ago (EFE).- Em jogo bastante disputado, Corinthians e Fluminense empataram sem gols nesta quinta-feira, em São Paulo, em jogo de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana.

Os anfitriões dominaram quase toda a partida, mas o Fluminense soube se segurar para impedir que o Timão aproveitasse o fator casa para construir vantagem para o duelo da volta.

Nos acréscimos do segundo tempo, Gustagol chegou a carimbar o travessão após cruzamento de Jadson. A bola só não entrou porque Muriel, adiantado no lance, conseguiu se recuperar a tempo e desviar a bola antes de ela tocar o poste e sair pela linha de fundo.

Os dois times voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, no Maracanã. Com o resultado de Itaquera, avança para enfrentar o Independiente del Valle quem conseguir bater o adversário no jogo decisivo. Um novo 0 a 0 de leva o jogo para os pênaltis. Empate com gols classifica o Corinthians.

Antes de a bola rolar, Corinthians e Fluminense promoveram mudanças para partida. Cássio e Danilo Avelar, suspensos, voltaram ao time titular do Corinthians. Sornoza, ex-Flu, cotado a começar a partida, ficou no banco, dando lugar a Clayson.

No Tricolor do interino Marcão, que será substituído pelo já anunciado Oswaldo de Oliveira, Nenê levou a melhor na disputa por uma vaga no meio-campo com João Pedro. Com Digão ainda se recuperando de lesão, Frazan foi o escolhido para formar a dupla de zaga com Nino.

Apoiado pelos 37.550 torcedores que lotaram a Arena Corinthians, o Timão dominou o primeiro tempo, mas não conseguiu transformar a superioridade em lances de perigo. Bem postado, o Fluminense conseguiu truncar o meio, dificultando as ações do adversário, só se arriscando apenas nos contra-ataques.

Foram apenas quatro finalizações do Corinthians ao gol nos 45 minutos iniciais, duas elas no gol de Muriel. Em uma das melhores chances, já nos acréscimos, Fágner conseguiu passar por Caio Henrique pela direita e cruzou rasteiro para a área. Júnior Urso estava pronto para balançar a rede, mas Igor Julião estava ligado no lance e fez o corte.

A dinâmica do jogo se manteve no segundo tempo. As equipes voltaram sem modificações do intervalo, mas o Corinthians seguia melhor que o Fluminense. Mais bem posicionado, Vagner Love, apagado no primeiro tempo, passou a incomodar a zaga do adversário. Ainda assim, o Timão tinha muita dificuldades na criação e pouco assustava Muriel.

Os dois técnicos resolveram mexer juntos. Aos 15 minutos, Marcão colocou Wellington Nem no lugar de Marcos Paulo. Já Carille preferiu sacar Mateus Vidal, que fazia jogo tímido, e dar uma chance a Jadson. Pouco depois, Boselli, pedido pela torcida, substituiu Vagner Love.

Mas foi o Fluminense quem, enfim, ameaçou os donos da casa. Aos 25, Daniel arriscou de longe, e Cássio espalmou para o meio da área. No rebote, Nenê estava pronto para completar. Manoel se antecipou e afastou.

Carille resolveu mudar o esquema do Corinthians aos 30 minutos, quando Pedrinho deixou o campo para a entrada do atacante Gustavo. Clayson e Jadson foram para os lados do campo para alimentar a dupla. Urso foi avançado para compor o meio.

O primeiro lance de perigo veio na sequência, aos 32. Jadson recebeu pela direita e cruzou na medida para Gustagol, que ganhou da zaga pelo alto, mas cabeceou de raspão. Muriel acompanhou a bola sair pela linha de fundo.

Três minutos mais tarde foi a vez de Clayson colocar a bola na área em cobrança de falta. Gil, livre, escorou para Boselli, que completou de cabeça para boa defesa de Muriel, bem posicionado no centro do gol.

A melhor - e última - chance do jogo também veio pelo alto. Aos 46 minutos da etapa final, Jadson mais uma vez cruzou da direita. Gustagol levou a melhor sobre Nino e cabeceou encobrindo Muriel. O goleiro conseguiu dar um leve toque na bola, que tocou no travessão e saiu pela linha de fundo.

Ficha técnica:.

Corinthians: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel, Júnior Urso, Mateus Vidal (Jadson), Pedrinho (Gustavo) e Clayson; Vagner Love (Boselli). Técnico: Fábio Carille.

Fluminense: Muriel; Igor Julião, Nino, Frazan e Caio Henrique; Allan, Daniel (Caio) e Paulo Henrique Ganso (João Pedro); Nenê, Marcos Paulo (Wellington Nem) e Yony González. Técnico: Marcão.

Árbitro: André Rojas (Colômbia), auxiliado pelos compatriotas John Alexander León e Wilmar Navarro.

Cartões amarelos: Mateus Vital, Gabriel, Vagner Love e Fagner (Corinthians); Caio Henrique e Nenê (Fluminense).

Estádio: Arena Corinthians, em São Paulo. EFE

Mais Esporte