Topo

Dana: "McGregor é pai e precisa parar de socar as pessoas ilegalmente"

Conor McGregor carrega a bandeira da Irlanda nos ombros e um histórico de polêmicas - Steve Marcus/Reuters
Conor McGregor carrega a bandeira da Irlanda nos ombros e um histórico de polêmicas Imagem: Steve Marcus/Reuters

Ag. Fight

16/08/2019 17h23

Conor McGregor foi acusado de agredir um homem em um bar na Irlanda em abril deste ano, mas as imagens da confusão só foram divulgadas nesta semana. Por isso, Dana White só pôde compartilhar sua visão do incidente meses depois, mas já pediu para o lutador reavaliar seus impulsos de agredir pessoas fora do octógono.

"Você chega ao ponto em que olha para um cara como Conor, e olha para o incidente do ônibus em Nova York e todas as outras coisas. Você olha para a câmera, o telefone e o cara que tirou a foto dele em Miami quando ele arremessou o telefone. Quando vai parar? O que vai custar a Conor McGregor antes que ele decida: 'Tudo bem, isso não vale a pena. Já é suficiente. Eu preciso parar de fazer isso'. O incidente em Nova York lhe custou milhões. Ele também teve que pagar ao cara do telefone. Quanto ele vai pagar a esse cara em que bateu no bar? A lista continua e continua", disse.

"Eu só não sei quando ele vai acordar e dizer: 'Eu tenho que parar de fazer isso'. Ele é pai agora, tem um filho. Em algum momento, terá que dizer: 'Eu preciso parar de socar as pessoas no rosto ilegalmente'. Soque as pessoas apenas por dinheiro", completou o cartola.

Durante entrevista ao programa 'The Jim Rome Show', o mandachuva da companhia lamentou o episódio e equiparou as atitudes do falastrão irlandês com as de Tyson. De acordo com Dana, quando um lutador polêmico e explosivo - como Conor e também o ex-pugilista americano - faz sucesso e ganha uma quantia considerável de dinheiro, incidentes como esse estão suscetíveis a ocorrer.

"Foram bem claras as imagens. Foi uma discussão sobre uísque em um bar da Irlanda. Conor tem uma marca de uísque agora. Ele acertou um senhor com um soco de esquerda, não sei o contexto, nem a história toda, mas isso não muda a agressão. Quando você lida com lutadores, caras que lutam para ganhar a vida, há sempre alguma coisa. Se você olhar para alguns dos maiores - Tyson - se você olhar o que Tyson passou em seu auge, toda vez que você pegar um cara que é um lutador profissional e você derramar uma tonelada de dinheiro em cima dele, prepare-se. Prepare-se para um desastre", comparou Dana, antes de relembrar o histórico de confusões recentes em que o irlandês se envolveu.

McGregor não luta desde outubro de 2018, quando foi finalizado por Khabib Nurmagomedov no UFC 229. 'The Notorious' não tem previsão para retornar aos octógonos, mas já deixou claro seu interesse pela revanche contra o campeão russo. 'The Eagle', por sua vez, está com as atenções voltadas para Dustin Poirier, seu próximo rival na disputa pela hegemonia entre os pesos-leves (70 kg).

Mais Esporte