PUBLICIDADE
Topo

Ana Paula Renault critica Bolsonaro em volta à TV: 'Está fora de órbita'

do UOL

Daniel Palomares

Do UOL, em São Paulo

03/06/2020 04h00

Quem assistiu ao "BBB 16" sabe que Ana Paula Renault não tem papas na língua. E foi justamente esse jeitinho sem filtros que a fez conquistar uma vaga fixa no "Triturando" do SBT. Ao lado de Chris Flores, Gabriel Cartolano e Flor, Ana Paula opina sobre as notícias recentes e, claro, comenta as fofocas mais quentes do momento.

Se o programa pega fogo no estúdio, a vida pessoal de Ana Paula não está muito mais tranquila. Ela começou as gravações durante o constante aumento de casos do novo coronavírus em todo o Brasil e ainda teve de lidar com o fim abrupto de seu casamento, há cerca de um mês. No meio desse turbilhão, a ex-BBB arranjou um tempinho para conversar com o UOL e desabafou sobre a atual situação do Brasil.

Experiência no 'Triturando'

Apesar de já ter participado algumas vezes do formato anterior do programa, o "Fofocalizando", só agora Ana Paula foi realmente contratada pelo SBT. Sua quarentena se transformou completamente quando ela precisou começar a gravar. "Eu estava em casa desde o início de março, só saí quando me chamaram para o programa. É um clima leve, gostoso. Tem sido sensacional", festeja.

Ana ainda explica que a emissora está tomando todos os cuidados para evitar o contágio pelo novo coronavírus. "Máscara é 100% obrigatório, só tiramos na hora de maquiar e gravar. Tem álcool em gel em tudo quanto é lugar. Todo mundo tem muito cuidado porque se um fica doente, todos ficam", alerta.

Ela também nega que esteja servindo como substituta de Mara Maravilha e Lívia Andrade, afastadas da atração antes da entrada de Ana Paula. "Elas são maravilhosas, comunicadoras natas. A Mara Maravilha está na TV desde a década de 1980, a Livia também galgou seu espaço".

É uma responsabilidade muito grande. Não quero substituir ninguém. Eu sou Ana Paula Renault, somos pessoas diferentes.

Léo Dias x Anitta

Conhecida pelo seu tom direto e sem medo de se expressar, Ana Paula conta que isso foi crucial para que ela conseguisse um espaço na atração. "Eu não tenho rabo preso com ninguém. Fico com receio porque quando falamos, damos abertura para falar da gente. Mas sempre falaram de mim... Quem fala o que quer, escuta o que não quer", pondera.

A treta entre Léo Dias e Anitta que vem dominando as redes sociais nas últimas semanas ainda não foi pauta do "Triturando". Vale lembrar que o próprio Léo fazia parte do elenco do programa no passado. Ana não sabe as razões pelas quais a briga não foi comentada, mas opina sobre o caso.

Não estou no direito de comentar quem está errado e quem está certo porque as pessoas ficam alvoroçadas. O meu resumo é que é tudo muito triste. Parece que o Léo Dias sempre nutriu uma admiração muito grande pela Anitta. Não sei como era a troca dela com ele, mas terminou de um jeito muito complicado

Sem esperanças para o futuro

Com o avanço da pandemia no Brasil e o número crescente de vítimas a cada dia, Ana Paula não tem esperança de um futuro melhor, pelo menos para os próximos anos. Ela conversa abertamente de política com seus seguidores e condena as ações do presidente Jair Bolsonaro frente à crise.

"Falar de política para mim é uma coisa intrínseca. Se eu voto, eu sou uma cidadã. Acho justo que as pessoas conheçam o que eu penso", defende. "Já chorei muito e fiquei aflita com o futuro não só do Brasil, mas do mundo. Fiquei imaginando todo mundo sofrendo, sem saber o dia de amanhã, perdendo seus entes queridos. Fora a questão econômica, as pessoas não sabem o que vão comer mais tarde."

[Bolsonaro] está fora de órbita, não tem noção. Foi a público falar que era uma gripezinha, depois indicou um remédio que já caiu por terra, a OMS já proibiu. Não sou otimista. A nossa situação não é boa. Pode ir encomendado sua máscara para montar seu look porque vai virar parte integrante da nossa vida. Pode esquecer de boate, de show, aglomeração.

"Enquanto não tiver essa vacina disponível para o planeta, não vejo saída. E tem gente ainda acreditando que é tudo um complô contra o Bolsonaro. Quem é ele perante o mundo? Isso está acontecendo com todos os países."

Fim do casamento

Ana Paula virou assunto na última semana ao revelar que o marido a abandonou há cerca de um mês em um apartamento recém-alugado e não se prontificou a ajudá-la com nenhuma das contas. Os dois, agora, tiveram que entrar com um processo formal de separação.

Não entendi muito ao certo. Não teve nenhuma briga. Ele simplesmente virou e falou 'Não te amo mais', pegou as coisas e foi embora. Não sei se tem a ver com a quarentena, não sei o que passou na cabeça dele

Ana revela que o ex a bloqueou no WhatsApp, e os dois só estão se comunicando por meio dos advogados. "Está tudo muito triste. Ele não quis fazer acordo. Falou que eu sou uma pessoa pública e posso me virar, que eu tenho quase 40 anos. Estou bastante horrorizada com tudo que está acontecendo".

Retorno ao 'BBB'

Como praticamente o Brasil inteiro, Ana também foi fã assídua do "BBB 20" e considera a edição melhor até do que a dela. "Achei melhor do que o meu porque analisando a minha edição, todas as tramas giravam em torno de mim. Quando fui expulsa, o 'BBB' murchou", admite.

Ela defende a existência de uma edição "All Stars" do programa, só com ex-participantes, e não nega um possível retorno à casa mais vigiada do Brasil. "Acho que seria muito interessante uma edição do 'BBB' com personagens marcantes de cada edição, ia ser incrível", diz.

Teria que passar o bastão para o meu patrão! Imagina que chique Boninho e Silvio Santos conversando por mim? Eu estou muito importante!

Entretenimento