PUBLICIDADE
Topo

Restaurante Maní fecha as portas temporariamente por conta do coronavírus

Padoca do Maní - Reprodução
Padoca do Maní Imagem: Reprodução
do UOL

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/03/2020 19h26

O Grupo Maní, composto pelo restaurante Maní e também pela Padoca da Joaquim Antunes, anunciou na tarde de hoje que fechará as portas temporariamente por conta do surto de coronavírus no país.

A informação foi dada pela apresentadora Fernanda Lima, que é uma das sócias do grupo, através de sua conta no Instagram. "Motivados pelo senso de responsabilidade com a nossa comunidade, com a saúde dos nossos colaboradores e clientes, tomamos a difícil decisão de fechar temporariamente o Maní e a Padoca da Joaquim Antunes a partir de hoje", diz o primeiro trecho do comunicado postado por Fernanda em sua conta na rede social.

"Temos acompanhado cada notícia que vem dos países que convivem com esta doença há mais tempo do que nós e achamos necessário nos antecipar a um cenário que tende a ser muito difícil. Que a situação atual seja não uma interrupção, mas uma breve pausa até que todos nós possamos voltar a nos cumprimentar com abraços e beijos novamente", finalizou o texto.

Além de Fernanda, também são sócios do Grupo Maní o empresário Pedro Paulo Diniz, Giovana Baggio e Rafael Lima, contando ainda com a chef Helena Rizzo. Entre os estabelecimentos que fazem parte do aglomerado estão a Casa Manioca, Padoca do Maní e Manioca Iguatemi.

Entretenimento