PUBLICIDADE
Topo
Entretenimento

Entretenimento

Garoto do 'taca-le pau' já ganha dinheiro com eventos e vai participar de transmissão com Galvão

6.nov.2014 - Leandro Beninca, 10, posa com o carrinho de madeira em Rio do Campo, no interior de Santa Catarina - Jandyr Nascimento/Agência RBS/Folhapress
6.nov.2014 - Leandro Beninca, 10, posa com o carrinho de madeira em Rio do Campo, no interior de Santa Catarina Imagem: Jandyr Nascimento/Agência RBS/Folhapress

Do BOL, em São Paulo

06/11/2014 12h08

É de Leandro Beninca, de 10 anos, uma das narrações mais famosas do YouTube no momento: "Pode vir, Marcos! Lá vem o Marcos, descendo o morro da vó Salvelina. Taca-le pau nesse carrinho, Marcos! Taca-le pau. Taca-le pau! Mazá, Marco Véio”. O vídeo já teve mais de 2,5 milhões de visualizações.

O garoto, que ficou conhecido depois desta brincadeira com o primo no interior de Santa Catarina, já colhe os louros da fama. A narração, que virou comercial de TV para anunciar o GP Brasil de F-1,  garantiu a Leandro estar ao lado de Galvão Bueno, domingo, na transmissão da prova. A informação é do jornal Folha de S.Paulo.
 
Para estar em Interlagos antes da largada, o garoto, que está cursando a quinta série do ensino fundamental em Rio do Campo, cidade a cerca de 275 km de Florianópolis, precisou achar um espaço em sua agenda. 
 
Atualmente, Leandro concilia o colégio com o calendário de shows da banda Fogo de Chão, que toca música tradicional gaúcha. Em julho, eles lançaram "Taca-le pau, Marco Véio" e fazem sucesso no Sul do país. O garoto virou cantor e, com autorização dos pais, ele viaja aos fins de semana acompanhando o grupo e ainda consegue cachês que começaram em R$ 300 e hoje chegam a R$ 1.500. 
 

 

Apesar dos minutos de fama, Leandro não sonha em se tornar narrador, muito menos piloto de F-1. "Quero ser veterinário para cuidar de tudo, cavalo, boi, galinha, peixe", contou em entrevista à Folha de S.Paulo.
 
A mãe do garoto, Jiovana, diz que o filho sempre foi muito tímido, mas a repercussão do vídeo fez com que ele se soltasse. Ela está fazendo uma poupança com o dinheiro que o filho ganha. "Sabemos que tudo isso passa, temos os pés no chão", declarou.
 

(Com informações da Folha de S.Paulo)
 

Entretenimento