PUBLICIDADE
Topo

Corinthians atrasa pagamento de Bruno Méndez e é acionado na Fifa

O zagueiro Bruno Méndez, bastante usado na lateral, foi contratado pelo Corinthians no primeiro semestre do ano passado - Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
O zagueiro Bruno Méndez, bastante usado na lateral, foi contratado pelo Corinthians no primeiro semestre do ano passado Imagem: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians
do UOL

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

28/01/2020 15h32

O Corinthians atrasou o pagamento do zagueiro Bruno Méndez e foi acionado na Fifa pelo ex-clube do jogador, o Montevideo Wanderers, do Uruguai. O defensor foi contratado no primeiro semestre do ano passado.

Segundo os uruguaios, o Corinthians só pagou a primeiras de três parcelas de compra. O clube paulista comprou 85% do jogador por US$ 3,5 milhões (R$ 13,5 à época).

O Corinthians, por sua vez, alega que só falta o pagamento da última parcela e promete quitar a dívida no próximo mês.

Ontem (27), o Corinthians pagou a primeira parcela do volante Victor Cantillo, do Junior Barranquilla, da Colômbia. O clube paulista atrasou o pagamento e, por isso, não conseguiu inscrever o colombiano a tempo de jogar as duas primeiras rodadas do Campeonato Paulista.

O Corinthians alega que o pagamento não ocorreu a tempo de inscrever o jogador para as duas primeiras rodadas do Paulista por conta de burocracia. Explica-se: o clube paulista só recebeu o invoice (documentação para realizar pagamento) dos colombianos na última quinta-feira, e por isso não conseguiu efetuar o pagamento.

Por conta disso, o Corinthians acredita que Cantillo agora será inscrito a tempo para defender o time contra a Ponte Preta, quinta-feira (30), às 21h30 (de Brasília), no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela terceira rodada do Paulista.

Esporte