PUBLICIDADE
Topo

Martinelli quebra recorde no Arsenal e brilha com média de um gol por jogo

Martinelli comemora gol do Arsenal sobre o West Ham, seu primeiro pelo Campeonato Inglês - REUTERS/David Klein
Martinelli comemora gol do Arsenal sobre o West Ham, seu primeiro pelo Campeonato Inglês Imagem: REUTERS/David Klein
do UOL

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

09/12/2019 19h36

Resumo da notícia

  • Martinelli se tornou o mais jovem a marcar pelo Arsenal em estreia como titular pelo Inglês
  • Brasileiro tem tido início dos sonhos no time londrino, com média de um gol por jogo
  • Mais usado em competições secundárias, ele deve ganhar espaço na Premier League
  • Atacante de 18 anos está no radar de Tite e na mira da seleção italiana

Um dos destaques da vitória de virada do Arsenal por 3 a 1 sobre o West Ham na tarde de hoje, Gabriel Martinelli tem vivido um início dos sonhos no time londrino. Em sua estreia como titular pelo Campeonato Inglês, o atacante revelado no Ituano quebrou um recorde histórico do clube e deu sequência à sua ótima fase, que já conta com uma média de praticamente um gol por jogo no futebol europeu.

Ao fazer o primeiro gol, que desencadeou a reação do Arsenal, com uma finalização certeira de primeira, Martinelli se tornou o jogador mais jovem da história do clube a marcar em sua estreia como titular na Premier League, aos 18 anos e 174 dias. Em jogos oficiais pela equipe, já são oito gols em 696 minutos, o que dá uma média de um gol a cada 87 minutos.

Em uma temporada que não vai nada bem para o Arsenal - o time ocupa apenas a nona colocação do Campeonato Inglês, e demitiu o técnico Unai Emery há duas semanas -, Martinelli é um dos poucos pontos positivos. O brasileiro tem ganhado espaço aos poucos na equipe, e vinha sendo mais utilizado em competições consideradas secundárias pelo clube, como a Copa da Liga (quatro gols em 180 minutos) e a Liga Europa (três gols em 330 minutos).

Com o impacto imediato em sua estreia como titular na Premier League, porém, ele deve receber mais minutos a partir de agora na principal competição da temporada. Podendo atuar tanto aberto pelo lado quanto mais centralizado no ataque, Martinelli tem como principais concorrentes por uma vaga outros jovens como Pépé, Saka, Willock e Nelson, além de jogadores mais consolidados como Özil, Lacazette e Aubameyang.

Martinelli, aliás, está no radar de Tite e espera por uma convocação para a seleção brasileira principal, após defender a seleção olímpica nos últimos amistosos. Com cidadania italiana, o jovem atacante está na mira do país europeu para defender a "Azzurra", mas já declarou seu desejo de jogar pelo Brasil.

"Ele tem jogado muito bem nos jogos da Liga Europa, ele faz gols e trabalha duro. Acho que ele vai se dar muito bem", disse o técnico interino do Arsenal, o ex-jogador Freddie Ljungberg, sobre Martinelli. Até aqui, a previsão tem se mostrado certeira.

Esporte