Topo

Rodrygo ganha moral por jogo na "fogueira" em dia de críticas a Hazard

Gokhan Kilicer/AFP
Imagem: Gokhan Kilicer/AFP
do UOL

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

22/10/2019 19h42

Até Rodrygo ficou surpreso ao saber que seria titular do Real Madrid na partida contra o Galatasaray, na terceira rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa. O atacante brasileiro soube que jogaria hoje, horas antes do confronto em Istambul, e saiu exaltado pela imprensa espanhola e por Zinedine Zidane após o triunfo por 1 a 0.

"Me senti contente pela oportunidade. Realizei um sonho", exaltou o jovem, que foi titular pela primeira vez desde que chegou a Madri: "Zidane pediu que eu cumprisse minhas funções defensivas, mas para que desfrutasse quando tivesse a bola. Só soube que seria titular hoje. Fiquei nervoso, mas aproveitei. Eu não esperava isso".

O técnico escalou Rodrygo como ponta pela direita para tentar corrigir um problema persistente no Real nesta temporada. Vinícius Júnior foi testado por ali, admitiu dificuldades para se adaptar e perdeu espaço. Eden Hazard, que hoje saiu mais uma vez criticado, também não rendeu no setor. A outra opção seria Lucas Vázquez, que tem sofrido com problemas físicos.

A resposta obtida com Rodrygo foi satisfatória para Zidane e para a imprensa na Espanha, que chegou a dizer que o garoto revelado pelo Santos fez um "partidaço" na Turquia. "Está treinando bem e vai ser importante. No 4-3-3, sua posição natural é como ponta e ele deu velocidade (ao time). Fez isso bem. Fico muito feliz com o que ele fez hoje", disse Zidane.

Apesar de lembrar que Rodrygo ainda pode ser usado pelo Real Castilla, o técnico aproveitou o bom desempenho do jovem para passar um recado para um elenco que ainda não engrenou na temporada. Mais disposição e mais obediência tática.

Fiz o que Zidane me pediu e meus companheiros me felicitaram por isso
Rodrygo

Hazard observa Kroos comemorando o gol da vitória sobre o Galatasaray - REUTERS/Kemal Aslan
Hazard observa Kroos comemorando o gol da vitória sobre o Galatasaray
Imagem: REUTERS/Kemal Aslan

Zidane tenta respaldar Hazard e Vinícius Júnior

Esses pontos que tanto pesaram a favor de Rodrygo são usados também como forma de crítica a Hazard por parte dos jornalistas espanhóis. A coluna de Elías Israel, no Diário As, falou em "pré-temporada e sombra de Cristiano Ronaldo infinitas" e condenou uma atuação apática do craque belga diante de uma defesa que deu muito espaço ao Real, inclusive com um gol perdido sem goleiro.

Zidane, porém, foi mais cauteloso e breve com as palavras. Disse que não há frustração sobre Hazard e demonstrou confiança sobre uma volta por cima do camisa 7. No jogo, diante do esgotamento físico do astro, Zidane resolveu tirá-lo para dar lugar a Vinícius Júnior, outro que tem convivido com cobranças. Mais uma demonstração de que o francês tenta respaldar e recuperar suas peças ofensivas.

Vini foi muito criticado após a derrota do Real para o Mallorca no último fim de semana, principalmente pela dificuldade nas finalizações. O ex-flamenguista tem a personalidade como atenuante, por não se esconder nos momentos de instabilidade do time de Madri desde 2018. Mas o embargo sobre jogar pela ponta direita traz problemas: a falta de espaço diante da presença de Hazard e a resposta mais imediata de Rodrygo no setor.

Esporte