Topo

Marta é indicada entre as 20 finalistas do prêmio Bola de Ouro

21/10/2019 16h57

Paris, 21 out (EFE).- A meia-atacante Marta foi a única brasileira indicada nesta segunda-feira entre as 20 finalistas do prêmio Bola de Ouro, entregue pela revista "France Football" para reconhecer a melhor jogadora de futebol do ano.

A estrela do Orlando Pride repete assim o que aconteceu em 2018, na primeira edição voltada para as mulheres, em que foi a única representante do Brasil entre as 15 que concorreram ao prêmio. No fim, a camisa 10 da seleção terminou no quarto lugar.

A atacante norueguesa Ada Hegerberg, do Lyon, que recebeu o tradicional troféu no último ano, também está entre as indicadas.

A grande favorita, no entanto, é a atacante americana Megan Rapinoe, do Reign FC, que já conquistou o prêmio de melhor jogadora da Copa do Mundo, disputada entre junho e julho, na França, e o The Best, concedido pela Fifa.

Além da veterana, a seleção dos EUA, que conquistou o título mundial, emplacou entre as finalistas, a meia-atacante Rose Lavelle, do Washington Spirit, a meia Tobin Heath, do Portland Thorns, e a atacante Alex Morgan, companheira de Marta no Orlando Pride.

Vice-campeã, a Holanda conta com três indicadas, a goleira Sari van Veenendaal, do Atlético de Madrid, a atacante Vivianne Miedema, do Arsenal, e a também atacante Lieke Martens, do Barcelona.

A França tem a goleira Sarah Bouhaddi, a zagueira Wendie Renard e a meia Amandine Henry, todas do Lyon. Já a Suécia também tem três nomes, a meia Kosovare Asllani e a atacante Sofia Jakobsson, ambas do Tacón, e a zagueira Nilla Fischer, do Linköpings.

A Inglaterra, quarta colocada da Copa do Mundo feminina, emplacou a lateral-direita Lucy Bronze, do Lyon, e atacante Ellen White, do Manchester City.

Ainda estão indicadas a dinamarquesa Pernille Harder, do Wolfsburg, que ficou com a segunda posição no ano passado; a alemã Dzsenifer Marozsán, mais uma representante do Lyon, que foi terceira; e a australiana Sam Kerr, do Chicago Red Stars. EFE

Esporte