Topo

Dani Alves explica polêmica sobre imprensa e minimiza erros em treino do SP

Lateral Daniel Alves levanta peso durante treino do São Paulo no CT da Barra Funda - Reprodução/Twitter
Lateral Daniel Alves levanta peso durante treino do São Paulo no CT da Barra Funda Imagem: Reprodução/Twitter
do UOL

Do UOL, em São Paulo

19/09/2019 13h30

Dois dias após invadir o boletim do repórter Felipe Diniz, do Grupo Globo, para "fazer as pazes", o lateral direito Daniel Alves voltou a conversar com o profissional, desta vez em entrevista ao "Globo Esporte".

O atleta aproveitou o espaço para explicar as críticas que fez à imprensa por conta dos debates sobre seu posicionamento em campo. De acordo com Daniel Alves, a intenção não era criar nenhum tipo de tumulto.

"Gerou uma sensibilidade (o comentário), a gente gosta de trabalhar em paz, é sempre muito melhor. Às vezes você fala uma coisa e as pessoas levam muito ao extremo. Eu falo que a maioria não sabe de futebol porque futebol não é só no campo, não é só interpretação do campo. É o que surge nos bastidores, as condições do jogo, do campo, de como tão situações que só realmente quem jogou sabe. Mas as pessoas estão muito sensíveis, e quando você toca alguma fibra delas, elas pegam todo o esquema e trazem pra elas e começa a achar que tem que fazer guerra, polêmica, tudo isso. Eu sou da paz, é sempre bom esclarecer", explicou Daniel Alves.

O lateral também deu mais detalhes sobre o treino de finalizações do São Paulo que virou tema de debate entre imprensa e torcedores após o alto índice de erros na atividade. Segundo o atleta, aquela era uma competição entre os jogadores, e não um treinamento de finalização, por isso o número elevado de finalizações longe da meta.

"Parece que nosso treino era aquilo ali, e não é. Os companheiros estavam fazendo uma competição, eu não tava no momento, mas meus companheiros estavam fazendo uma competição em que a equipe rival tinha que passar a bola para os companheiros o pior que podia. Era um confronto de equipes aonde uma não queria que a outra ganhasse, então eles davam os passes na 'trairagem' para criar dificuldade para a outra equipe", salientou Dani, que complementou:

"Normalmente, nossas finalizações são muito melhores que naquele dia. Mas é aquilo, quando você não consegue o resultado, o gol, qualquer coisa gera polêmica", finalizou o lateral.

Mais Esporte