Topo

DM do Bahia: Guerra terá joelho imobilizado e Rogério passará por cirurgia

Contra o Santos, Guerra fez apenas a sua segunda partida com a camisa do Bahia - Felipe Oliveira / EC Bahia
Contra o Santos, Guerra fez apenas a sua segunda partida com a camisa do Bahia Imagem: Felipe Oliveira / EC Bahia
do UOL

Do UOL, em Santos (SP)

15/07/2019 15h52

Além da primeira derrota em casa no Campeonato Brasileiro, o Bahia teve de lidar com outras notícias nada agradáveis nesta segunda-feira (15). O departamento médico informou a necessidade de cirurgia para o atacante Rogério e uma lesão do meia Guerra que deve deixar seu joelho imobilizado por até duas semanas.

Rogério machucou o ombro no treino de sexta-feira e será submetido a um procedimento cirúrgico. Luiz Sapucaia, médico do Bahia, disse que ainda não é possível precisa quanto tempo ele ficará longe dos gramados.

"Ocorreu uma lesão ligamentar importante. A gente vai precisar de um procedimento cirúrgico para que a gente possa ter mais segurança de que isso não ocorra outra vez. O tempo estipulado a gente só vai ter depois que o cirurgião de ombro nos posicionar", afirmou.

Alejandro Guerra, por sua vez, sofreu um estiramento no joelho no jogo de sábado, contra o Santos, pelo Campeonato Brasileiro. Ele entrou em campo no segundo tempo e se machucou já no fim da partida, inclusive deixando o Bahia com um jogador a menos nos minutos finais.

De acordo com o médico tricolor, Guerra - que fez apenas a sua segunda partida com a camisa do Bahia - terá o joelho imobilizado durante uma ou duas semanas. Ainda não há prazo para que ele volte aos treinos.

"Acidente de trabalho, infelizmente acontece. Futebol é esporte de contato, é inevitável que essas coisas aconteçam. Lesão similar à que Gregore teve. Vamos imobilizá-lo durante uma ou duas semanas", disse o médico tricolor, que ainda negou que a nova lesão esteja relacionada ao histórico do jogador.

"De forma nenhuma. É uma lesão iminentemente casual. Acontece no esporte. Foi avaliado quando chegou, não tem nenhum histórico de lesão do gênero", completou.

O Bahia volta a campo já nesta quarta-feira (17), quando recebe o Grêmio na Arena Fonte Nova, às 19h15 (de Brasília), pelas quartas de final da Copa do Brasil. Com o empate por 1 a 1 no duelo de ida, o time baiano precisa de uma vitória simples para avançar às semifinais.

Mais Esporte