PUBLICIDADE
Topo
Entretenimento

Entretenimento

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Assista: Será o fim dos programas de auditório?

Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

do UOL

Colunista do UOL

29/07/2021 13h05

Estamos atravessando um marco divisório na história da TV brasileira.

A pandemia de coronavírus fez com que muitas certezas fossem exterminadas, muitos formatos fossem extintos e ameaça por em risco até mesmo a sobrevivência de apresentadores mais idosos da TV.

Entre esses últimos ameaçados estão os veteranos Silvio Santos e Raul Gil.

Ambos já estão fazendo planos no SBT para retormar as gravações, mas a pergunta que fica é: com que formato esses programas serão apresentados agora? No caso de Silvio ele já desmarcou várias vezes seu retorno ao palco. Até quando?

E isso vale tanto para a TV aberta como também na paga. Como será?

Nenhuma certeza com o vírus

Perguntamos isso porque simplesmente não há nenhuma segurança ou certeza até o momento sobre se e quando um dia esses programas poderão ter novamente a presença do auditório, das chamadas "colegas de trabalho" (termo imortalizado por Silvio Santos).

E não são apenas esses apresentadores lendários que contam com o auxílio da plateia: mesmo Luciano Huck, Faustão e tantos outros da TV aberta não terão mais essa possibilidade —pelo menos até que a ciência tenha uma resposta.

No SBT chegou-se a cogitar dar a Silvio uma plateia inteira de "colegas" que já tenham sido contaminadas e vacinadas contra a Covid-19. A ideia desapareceu quando alguém lembrou que mesmo infectados e vacinados podem contaminar-se novamente e contaminar terceiros.

É sobre isso que o colunista Ricardo Feltrin fala esta semana no canal do UOL no YouTube. Terá chegada ao fim a era dos programas de auditórios?

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops

Entretenimento