PUBLICIDADE
Topo

Morre o diretor do The Voice Kids, Flavio Goldemberg

Flavio Goldemberg, diretor do The Voice Kids - Divulgação/TV Globo
Flavio Goldemberg, diretor do The Voice Kids Imagem: Divulgação/TV Globo
do UOL

Do UOL, em São Paulo

28/01/2020 13h22Atualizada em 28/01/2020 19h27

O diretor do The Voice Kids, Flavio Goldemberg, morreu na madrugada de hoje, aos 58 anos. Ele foi vítima de um infarto, e a notícia foi confirmada pela TV Globo.

Flavio fazia a direção geral de dois realities musicais da emissora: The Voice Kids, que está com sua quinta quinta edição em andamento, e Popstar, que teve sua terceira temporada transmitida até dezembro de 2019.

Devido à sua morte, a gravação da nova fase de batalhas do The Voice Kids foi adiada. Ela seria realizada hoje nos Estúdios Globo.

Flavio deixa mulher e dois filhos. As informações sobre velório e enterro ainda serão anunciadas.

Flavio atuou como produtor na Globo por 17 anos, de 1981 a 1998, tendo trabalhado em programas como "Armação Ilimitada" e "Amigos" e em shows exibidos pela emissora - Paul (McCartney) in Rio, Eric Clapton, Julio Iglesias Especial e Rock in Rio, entre outros. Na mesma função, participou de "TV Colosso" e "Caça-Talentos".

O início de seu trabalho na direção foi na volta à emissora, em 2010. Passou por Big Brother Brasil, Hipertensão, "Malhação" (2010), Vídeo Show, The Voice Brasil, Superstar, Popstar e The Voice Kids.

Foi com a versão infanto-juvenil do The Voice que recebeu três indicações ao Emmy Kids, na categoria reality.

Boninho, que trabalhou com Flavio nos últimos anos, lamentou a morte: "Hoje perdemos um parceiro, um amigo de vida. O Flavio fazia tudo com o coração e paixão. Amava a profissão e levava a vida sorrindo. Essa felicidade transbordava para além da tela da TV. A gente sorria e se emocionava. Ele vai fazer muita falta e deixar uma legião de amigos. Vai em paz Flavio, agora tire um tempo para surfar nas ondas do paraíso".

A atriz Tais Araújo também escreveu sobre Flavio. "A vida é mesmo um sopro. Se foi hoje um cara generoso, amoroso, divertido, criativo e que estava numa fase brilhante de sua carreira. Flávio Goldemberg, diretor do Popstar e do The Voice Kids. A voz no meu ouvido durante todo Popstar, aquele que me pegou pela mão e disse pra eu me divertir simplesmente, porque ele e sua equipe estavam ali por mim", escreveu ela no Instagram.

"Aquele que fazia questão de dizer que nosso trabalho no Pop era fazer com que os participantes brilhassem. Porque ele era assim, para ele não valia o brilho de um, mas o brilho de todos para que pudéssemos fazer sempre o melhor show pro nosso público de casa. Que seja bem recebido nos céus, que lá seja uma praia incrível, cheia de belas ondas para surfar, como você sempre amou", concluiu Tais.

Glenda Kozlowski, que trabalhou com Flávio no programa Hipertensão, também se manifestou: "Em todas as roubadas possíveis - frio danado - cansaço - quando tudo parecia caminhar pro errado... ele era uma luz de confiança e esperança!! Bom humor interminável! Nunca vi sem sorrir. Nunca vi sem gargalhar. Respeitoso, atencioso, família! Aliás, a família dele era tudo nesta vida! Bonito de ver e ouvir suas histórias. Surfista de alma. Diretor de profissão. Amigo pra todas as horas. Flavinho, se foi. Cedo demais. Hoje o céu ganhou a sua alegria e a gente perdeu um amigo. Muita luz pra família, amigos e pra você, Flavinho!", disse pelo Instagram.

Entretenimento