PUBLICIDADE
Topo

No JN, Bonner critica "atitude autoritária" de Crivella após veto à Globo

William Bonner, durante Jornal Nacional - Reprodução/Globo
William Bonner, durante Jornal Nacional Imagem: Reprodução/Globo
do UOL

Do UOL, em São Paulo

13/12/2019 20h49Atualizada em 13/12/2019 23h40

William Bonner criticou hoje, durante o "Jornal Nacional", o que chamou de "atitude autoritária" de Marcelo Crivella (Republicanos), prefeito do Rio de Janeiro, pelo veto ao Grupo Globo em evento que anunciou socorro de R$ 152 milhões à saúde da cidade.

"O prefeito Marcelo Crivella impediu a participação de jornalistas do Grupo Globo em uma entrevista sobre o colapso no sistema de saúde do município. É um tema que tem um impacto grande na vida dos cidadãos e, obviamente, merece cobertura jornalística ampla, como nós temos feito. Apesar desta atitude autoritária e antidemocrática do prefeito, o jornalismo da Globo está publicando tudo que de mais importante foi anunciado ali. Porque o nosso compromisso é de manter o público bem informado", disse o âncora do telejornal.

Hoje mais cedo, o Grupo Globo emitiu um comunicado parecido com a fala de Bonner no Jornal Nacional. "Dado o óbvio impacto na vida dos cariocas, o tema tem merecido ampla cobertura jornalística. Apesar da atitude autoritária e antidemocrática do prefeito, tudo o que de mais relevante tiver sido ali anunciado será noticiado. O que importa para a TV Globo e para os demais veículos do Grupo Globo é manter o público bem informado. Manteremos esse compromisso", diz o comunicado.

Procurada pelo UOL para explicar o porquê do veto, a prefeitura afirmou que "o grupo Globo não exerce jornalismo sério, mas, sim, age como panfleto político, interessado em atacar governos que não lhes dão dinheiro para publicidade e, assim, ganhar espaço para notícias boas".

Entretenimento