PUBLICIDADE
Topo

Eu, a Vó e a Boi: O que é "real" na série da Globo inspirada em tuítes

Turandot (Arlete Salles) e Yolanda, a Boi (Vera Holtz), na série Eu, a Vó e a Boi - Estevam Avellar/TV Globo
Turandot (Arlete Salles) e Yolanda, a Boi (Vera Holtz), na série Eu, a Vó e a Boi Imagem: Estevam Avellar/TV Globo
do UOL

Paulo Pacheco

Do UOL, em São Paulo

06/12/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Globo lançou a série Eu, a Vó e a Boi em sua plataforma de streaming
  • A série de Miguel Falabella é inspirada em uma história publicada no Twitter
  • A trama principal explora a rivalidade entre duas vizinhas que se odeiam
  • O autor ainda criou novos personagens para dar complexidade à trama

A briga entre a vó e a Boi, uma das histórias mais icônicas publicadas no Twitter, enfim ganhou imagem e estreou no Globoplay, plataforma de streaming da Globo. Escrita na rede social por Eduardo Hanzo, Eu, a Vó e a Boi foi comprada pela Globo e transformada em série por Miguel Falabella, que incrementou a treta com novas tramas e outros personagens.

A história principal, a guerra entre a avó do tuiteiro e a vizinha —que era xingada de "vaca", mas por ser um apelido machista, passou a ser chamada de Boi—, continua a mesma, mas com algumas diferenças. A rivalidade é alimentada por uma disputa eleitoral. Turandot (a vó) quer tirar Yolanda (Boi) da presidência da comunidade, uma espécie de "síndica" da vizinhança.

Na série, que tem seis episódios, as duas protagonistas são avós de Roblou (Daniel Rangel), que narra a trama em primeira pessoa, como se estivesse lendo os tuítes, muitas vezes olhando para a câmera. A comédia também pesa no drama com o romance entre Roblou e Demimur (Valentina Bulc).

Roblou (Daniel Rangel) e Deminur (Valentina Bulc) na série Eu, a Vó e a Boi - Reprodução/TV Globo
Roblou (Daniel Rangel) e Deminur (Valentina Bulc) na série Eu, a Vó e a Boi
Imagem: Reprodução/TV Globo
Norma (Danielle Winits) e Seu Rocha (Alessandra Maestrini) se beijam em Eu, a Vó e a Boi - Reprodução/TV Globo
Norma (Danielle Winits) e Seu Rocha (Alessandra Maestrini) se beijam em Eu, a Vó e a Boi
Imagem: Reprodução/TV Globo

Arlete Salles interpreta a vó. A rival é vivida por Vera Holtz. Miguel Falabella levou à risca um dos tuítes de Eduardo Hanzo para compor as personagens: "Elas sempre vão até as últimas consequências". E inventou novas tretas entre as duas senhoras.

Como algumas brigas viraram caso de polícia, Miguel Falabella criou uma personagem representando a corporação: Seu Rocha, policial lésbica que também canta ópera. É interpretada por Alessandra Maestrini, que canta em cena e parece estar no Show dos Famosos, competição da qual participou no Domingão do Faustão.

Montgomery (Marco Luque) aparece com o rosto desfigurado em Eu, a Vó e a Boi - Reprodução/TV Globo
Montgomery (Marco Luque) aparece com o rosto desfigurado em Eu, a Vó e a Boi
Imagem: Reprodução/TV Globo
Matdilou (Matheus Braga) e Mary Tyler (Stella Miranda) na série Eu, a Vó e a Boi - Reprodução/TV Globo
Matdilou (Matheus Braga) e Mary Tyler (Stella Miranda) na série Eu, a Vó e a Boi
Imagem: Reprodução/TV Globo

Outros papéis saíram exclusivamente da cabeça de Falabella e sua equipe de roteiro, mas não incrementaram tão bem a briga de vizinhas, enredo principal de Eu, a Vó e a Boi. São os casos de Montgomery (Marco Luque) e Norma (Danielle Winits), pais de Roblou, e Mary Tyler (Stella Miranda), que interpreta uma Sugar Mommy e namora um garoto de 17 anos.

Confira sete cenas de Eu, a Vó e a Boi que são fiéis à thread no Twitter:

A Boi e os cachorrinhos

Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Inalação

Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Câmera de segurança

Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Espingarda

Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Valão

Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Gritos gravados

Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Macumba

Reprodução/TV Globo
Imagem: Reprodução/TV Globo

Entretenimento