Topo

Saiba quem é a Renata Ingrata que inspirou o sucesso de Latino

cantor reviveu sua trajetória ao lado de Rodrigo Faro - Divulgação
cantor reviveu sua trajetória ao lado de Rodrigo Faro Imagem: Divulgação
do UOL

Do UOL, em São Paulo

13/10/2019 19h53

Em uma tarde de muitas emoções, o cantor Latino reviveu momentos marcantes de sua vida. Ele também reencontrou pessoas que fizeram parte da sua trajetória, como a icônica Renata Ingrata.

Título de uma das canções de maior sucesso do cantor, Renata Cavalcante é advogada e nunca se relacionou com Latino.

Na verdade, ela é ex-esposa do ex-empresário do cantor. Latino contou que acompanhou o processo de separação dos dois, quando muitas vezes o marido a chamava de "Renata, aquela ingrata".

A situação inspirou o cantor a compor a música, mas não agradou a advogada, que ameaçou processá-lo na época.

No programa, Latino pediu perdão para Renata sem saber que iria reencontrá-la.

Cantor cheirava cola de sapato para inibir fome

Em sua participação no Hora do Faro de hoje, o cantor Latino relembrou momentos marcantes do seu passado, inclusive quando foi expulso de casa pelo pai, dormia nas ruas e cheirava cola de sapato para inibir a fome.

Ainda durante a infância do cantor, os pais de Latino se divorciaram e a mãe foi morar nos EUA com o novo marido. Latino disse que sentiu "abandonado" pela mãe.

O pequeno Roberto — o nome verdadeiro do cantor — ficou sob os cuidados do pai que não apoiava sua carreira artística e o expulsou de casa por investir nisso.

Na época, Latino foi morar com sua tia Marlene. Mas como passava muito tempo na rua e não tinha dinheiro para voltar para casa, muitas vezes, latino dormia nas ruas.

Para conseguir ganhar algum dinheiro, ele pegava emprestado a caixa de sapateiro de outros garotos que viviam na rua e trabalhava de engraxate.

O cantor conta que nessa época, quando tinha cerca de 14 anos, chegou a "cheirar cola" para que não sentisse fome. Porém, ele falou que nunca teve "caráter" para fazer "coisas erradas".

Deportação e facada nas costas

Depois disso, o cantor foi morar nos EUA com a mãe, Regina. Lá ele trabalhou como dançarino, garçom, ajudante de mágico e muito mais. Foi lá que ganhou o apelido de "Latin Boy", que depois viria a ser seu nome artístico.

Latino morou por alguns anos nos EUA. Contudo, cantor se envolveu em brigas de gangue, levou uma facada nas costas e foi deportado de volta para o Brasil.

De volta ao país, o jovem Latino começou a vender sanduíches na praia com sua mãe. Foi com o dinheiro dos sanduíches que Latino conseguiu gravar sua primeira música. O sucesso "Me Leva" tinha a participação do DJ Malboro.

Entretenimento