Topo

"Empire" cortará cenas com ator envolvido em ataque polêmico, diz site

Divulgação/IMDb
Jussie Smollett em cena de "Empire" Imagem: Divulgação/IMDb
do UOL

Caio Coletti

Colaboração para o UOL

2019-02-19T13:54:56

19/02/2019 13h54

Conforme a polêmica em torno do ator Jussie Smollett e o suposto ataque homofóbico e racista sofrido por ele se arrasta, os produtores da série "Empire" vão reduzir sua participação nos próximos episódios. As informações são de fontes do "Deadline".

Segundo o site, algumas cenas que envolveriam Smollett e seu personagem, Jamal Lyon, serão reescritas. Assim, ao menos pela próxima semana, Smollett será presença rara no set de "Empire" em Chicago, mesma cidade em que aconteceu o suposto ataque.

Smollett diz que foi abordado por dois homens durante a madrugada do dia 29 de janeiro, que o reconheceram da série e usaram ofensas racistas e homofóbicas para chamar sua atenção. Os criminosos teriam então agredido o ator, jogado alvejante sobre sua cabeça e amarrado uma corda ao redor do seu pescoço.

Após a denúncia feita pelo ator, rumores da imprensa local deram conta que a polícia de Chicago suspeitava da possibilidade de Smollett ter encenado o ataque. A instituição inicialmente negou os boatos e, pouco depois, apreendeu dois irmãos de nacionalidade nigeriana como suspeitos do caso.

Mais tarde, no entanto, os irmãos foram liberados pela polícia, que deu declaração dizendo que os testemunhos dos suspeitos haviam causado "uma mudança drástica" na investigação, e que os investigadores gostariam de entrevistar Smollett mais uma vez.

Mais Entretenimento