Topo

Globo muda estrutura e Ricardo Waddington vira diretor de Produção

Foto Rio News
Ricardo Waddington deve fazer várias mudanças na grade da Globo no próximo ano Imagem: Foto Rio News
do UOL

Ana Cora Lima

Do UOL, no Rio

27/11/2018 15h46

A Globo anunciou nesta terça-feira (27) mudanças no comando na área de Entretenimento da emissora. O diretor Ricardo Waddington, que até então dividia os poderes de comandar os programas com Boninho, passou a ser diretor de Produção.

José Bonifácio Brasil de Oliveira, o Boninho, ficará com responsabilidade os programas de auditório ("Domingão do Faustão" e "Caldeirão do Huck"), realities ("BBB", "Popstar", "The Voice" e "The Voice Kids"), games ("Tamanho Família", "Tá Brincando", "Os Melhores Anos das Nossas Vidas" e "Zero 1") e musicais ("Só Toca Top", "Show da Virada", "Festeja" e "Roberto Carlos"). 

Mariano Boni, atual diretor-executivo do Jornalismo, foi convocado para assumir o núcleo Variedades. Ele terá sob a sua liderança os programas de entrevistas ("Mais Você", "Encontro", "Vídeo Show", "É de Casa", "Altas Horas", "Amor & Sexo" e "Bem Estar", que migra do Jornalismo para o Entretenimento) e os talk shows ("Conversa com Bial"). 

"A Globo tem se preparado nos últimos anos para as transformações e oportunidades que as mudanças no mercado de mídia estão nos trazendo. Contar com o talento dos nossos múltiplos profissionais é um diferencial nesta dinâmica constante de evolução, que exige de nós um olhar cada vez mais amplo, para a empresa como um todo. Agradeço ao Figueira sua enorme dedicação ao nosso Entretenimento, com a certeza que ele deixou uma marca profunda na forma de produzir conteúdo na história da Globo e do Brasil. E, aos que assumem novos desafios, desejo muito sucesso, para que sigam com suas vitoriosas trajetórias e para que nos ajudem a continuar escrevendo a história de crescimento e sucesso da Globo. Para assumir a posição de Figueira e trazer ainda mais alinhamento com o desenho artístico das nossas produções, convidamos Ricardo Waddington, atual diretor de gênero - Variedades e Multitelas, que também tem sido decisivo em em nosso novo modelo de atuação. Ricardo, que assumirá em dezembro, contará com o apoio de Eduardo por um período de transição até o final de maio de 2019.", anunciou  o diretor-geral Carlos Henrique Schroder, em um comunicado.

O comunicado pegou de surpresa muitos diretores dos programas da emissora, que esperavam a promoção de Boninho e não de Waddington.

"O Boninho tem mais experiência em programas na linha de shows. O Waddignton é mais antenado a questão da informação, de tecnologia e isso pesou na decisão da cúpula que quer fazer uma ligação maior entre o Entretenimento e o Jornalismo", revelou um diretor de núcleo Boninho.

As mudanças vão também acelerar a discussão sobre a grade de 2019 que ainda não estava completamente fechada como acontecia nos anos anteriores. " Todo mundo já estava estranhando a demora em saber quais eram os planos para o ano que vem, quais as produções poderiam ser tocadas ou anunciadas. Agora deu para entender toda a confusão. Com os seus novos poderes, o Ricardo Waddingotn vai mandar e desmandar nas atrações. Vejo problemas para o Boninho", assumiu outro diretor que pediu anonimato.

Errata: o texto foi atualizado
27/11/2018 às 20h12
Diferentemente do que foi publicado no texto Globo muda estrutura e Ricardo Waddington vira diretor geral da emissora, Waddington foi anunciado como diretor de produção da emissora. O texto foi corrigido

Mais Entretenimento