PUBLICIDADE
Topo

Por que Corinthians não se empolga com Paulinho e aguarda 'outro volante'

Volante Paulinho tem contrato com Guangzhou Evergrande, da China, até o fim de 2023 - Daniel Augusto/ Agência Corinthians
Volante Paulinho tem contrato com Guangzhou Evergrande, da China, até o fim de 2023 Imagem: Daniel Augusto/ Agência Corinthians
do UOL

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

19/02/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Paulinho treina no Corinthians pois surto do coronavírus "parou" futebol chinês
  • Volta só seria realidade por empréstimo e com parte de salário pago por chineses
  • Em caso de empréstimo, Corinthians não aceitaria por três meses
  • Corinthians aguarda reposta de outro volante Ederson; clube enviou proposta

O volante Paulinho iniciou nesta semana treinamentos no CT do Corinthians, enquanto o futebol chinês está em recesso por conta do surto do coronavírus. Apesar da empolgação da torcida alvinegra, o veterano do Guangzhou Evergrande, da China, não será contratado, segundo dirigentes do clube paulista.

O Corinthians, é bom que se diga, busca a contratação de um jogador exatamente para essa posição. Mas seu alvo prioritário é o jovem Ederson, que rescindiu contrato com o Cruzeiro na semana passada. Neste caso, o clube paulista fez proposta de cerca de R$ 400 mil mensais (salário e luvas diluídas) e aguarda uma resposta do agente do jogador.

O Timão não se empolga com Paulinho e prioriza Ederson pelo seguinte motivo: a negociação com ídolo corintiano só poderia ocorrer em caso de empréstimo do Guangzhou. E, segundo apurou o UOL Esporte, o Corinthians não aceitaria empréstimo por apenas três meses, período em que o futebol chinês seguirá parado, no mínimo, na visão dos corintianos.

O clube paulista só aceitaria um empréstimo até o fim da temporada —ou algo ainda mais duradouro. Além disso, o clube chinês teria que pagar grande parte do salário de Paulinho, já que o ordenado do jogador está muito acima do teto salarial do Corinthians.

O volante de 31 anos tem contrato com o Guangzhou Evergrande, da China, até o fim de 2023. Ele fica no Brasil por tempo indeterminado por conta do surto de coronavírus na China.

Paulinho pediu para manter o condicionamento físico nas instalações do clube paulista enquanto não pode retornar ao futebol chinês. O volante de 31 anos esteve na Arena Corinthians na semana passada, quando o Alvinegro foi eliminado pelo Guaraní, do Paraguai, na "Pré-Libertadores".

Internamente, Paulinho não esconde o desejo de voltar ao Corinthians, mas considera um negócio bastante difícil no momento por conta do contrato longo com o clube chinês. O volante vestiu a camisa do Corinthians entre 2010 e 2013. Neste período, o volante realizou 167 jogos e marcou 34 gols.

Esporte