PUBLICIDADE
Topo

Caracas bate Estudiantes nos pênaltis e é campeão venezuelano

15/12/2019 22h57

Caracas, 15 dez (EFE).- O Caracas superou neste domingo o Estudiantes de Mérida por 4 a 3, nos pênaltis, no segundo jogo da final do Campeonato Venezuelano, que terminou empatado em um gol, e se sagrou campeão da temporada pela primeira vez desde 2010.

No Olímpico de la UCV, na capital da Venezuela, os visitantes pularam na frente aos 43 do primeiro tempo, graças a gol do meia Jesús Meza. A vantagem da equipe de Mérida persistiu até os 42 da etapa complementar, quando o atacante Jesús Arrieta igualou e fez com que o placar da ida fosse repetido.

O goleiro do Caracas, Alain Baroja, foi o outro herói da conquista, ao defender cobrança do também goleiro Alejandro Araque, a última do Estudiantes. Antes disso, o lateral-esquerdo Daniel Linarez já havia batido tiro por cima do gol.

Na equipe da capital, o atacante Carlos Espinoza também perdeu penalidade, mas o atacante Richard Celis, e os meias Daniel Saggiomo, Jorge Echeverría e Robert Hernández converteram, garantindo a vitória por 4 a 3.

O último título da temporada do Caracas havia acontecido na temporada 2009-2010. Depois disso, o clube conseguiu apenas três conquistas no Torneio Clausura, a mais recentes, neste ano.

Caracas e Estudiantes participarão no ano que vem da fase de grupos da Taça Libertadores. Deportivo Táchira e Carabobo, por sua vez, entrarão nas fases preliminares da competição continental. EFE

Esporte