Topo

Masvidal valoriza bom momento no UFC: "Todo mundo quer lutar comigo agora"

Jorge Masvidal recebe o cinturão de lutador mais durão de Dwayne "the Rock" Johnson - Steven Ryan/Getty Images/AFP
Jorge Masvidal recebe o cinturão de lutador mais durão de Dwayne "the Rock" Johnson Imagem: Steven Ryan/Getty Images/AFP

Ag. Fight

13/11/2019 10h34

Após três vitórias seguidas e a conquista do cinturão 'BMF' (mais durão do mundo), Jorge Masvidal está colhendo o fruto do sucesso e, por isso, seu nome está sendo mencionado por muitos atletas do Ultimate. Nesta semana foi a vez de Nick Diaz afirmar que gostaria de uma luta contra o americano para 'vingar' a derrota do irmão no UFC Nova York. Ciente de mais um desafio, o 'Gamebred' brincou com seu novo momento dentro da organização.

Em entrevista ao programa 'Dan LeBatard Show' ontem, Masvidal, que anteriormente tinha uma carreira instável no UFC, sem uma grande sequência de vitórias, recordou que nessa época não era tão desafiado. Porém, após triunfos sobre Darren Till, Ben Askren e Nate Diaz fizeram mudar a opinião dos seus oponentes.

"Muitas pessoas estão dizendo meu nome agora. Esses mesmos não queriam lutar comigo antes, como há um ano ou dois. Todo mundo quer lutar comigo agora. Então é engraçado para mim, porque esses mesmos caras não queriam brigar comigo há dois ou três anos atrás", afirmou.

Masvidal não deixou de comentar as declarações de Nick Diaz, que ficou na bronca com ele após uma provocação voltada a seu irmão, quando 'Gamebred' disse que iria "batizá-lo". Em tom irônico, o campeão do 'BMF' não se opôs a esse confronto e se mostrou animado com essa possibilidade no futuro.

"Ele está pedindo para lutar? Ele está pedindo uma briga? Ele está pedindo uma briga ou para dar um passeio? Ele sabe contra quem ele está pedindo uma briga? Porque eu amo lutar, especialmente quando recebo algo assim", disse.

Desde março deste ano, Jorge Masvidal está vivendo um grande momento na organização. Na época, nocauteou Darren Till, no segundo round. Após esta peleja, venceu Ben Askren, com uma joelhada voadora com apenas cinco segundos de luta. Na sua última apresentação, passou por Nate Diaz, por interrupção médica no UFC 244.

Esporte