Topo

Atlético de Madrid bate Leverkusen no sufoco em casa; Shakhtar empata

22/10/2019 15h52

Redação Central, 22 out (EFE).- O Atlético de Madrid passou sufoco nesta terça-feira, mas venceu o Bayer Leverkusen por 1 a 0, em casa, e assumiu provisoriamente a liderança isolada do grupo D da Liga dos Campeões, em dia de empate entre Shakhtar Donetsk e Dínamo de Zagreb, na Ucrânia.

Em um dos jogos que abriu a terceira rodada da competição continental, no estádio Wanda Metropolitana, o artilheiro solitário foi o atacante espanhol Álvaro Morata, que marcou aos 33 do segundo tempo, após concluir de cabeça um cruzamento preciso do lateral-esquerdo Renan Lodi.

Além do ex-Athletico Paranaense, outro brasileiro que começou jogando pelos 'Colchoneros' foi o zagueiro Felipe, que passou pelo Corinthians. O atacante Paulinho, ex-Vasco, entrou na etapa complementar pelo Leverkusen, que não contou com o lateral-esquerdo Wendell, que foi vetado por lesão.

No jogo de hoje, a equipe comandada pelo argentino Diego Simeone, atuou desfalcada do promissor atacante português João Félix e vinha de dois empates seguidos no Campeonato Espanhol, com Valladolid e Valencia.

O resultado veio com muitas dificuldades, já que o Leverkusen, que ainda não marcou ponto na competição, equilibrou a partida durante boa parte dos 90 minutos e criou algumas oportunidades de gol, especialmente no segundo tempo, antes de Morata abrir o placar.

Com a vitória, a equipe de Madri chegou aos sete pontos, abrindo três de vantagem para a Juventus, que receberá mais tarde o Lokomotiv Moscou, que tem três pontos.

Pelo grupo C, Shakhtar Donetsk e Dínamo de Zagreb empataram em 2 a 2, na Ucrânia, em resultado que já garante o Manchester City, que receberá logo mais a Atalanta, na liderança isolada da chave, antes mesmo do fim da terceira rodada.

No estádio Metalist, o meia-atacante Yevhen Konoplyanka abriu o marcador para os anfitriões aos 17 do primeiro tempo. Oito minutos depois, no entanto, o meia espanhol Daniel Olmo deixou tudo igual.

Na etapa complementar, meia-atacante croata Mislav Orsic virou aos 15, cobrando pênalti. Mais tarde, aos 30, o lateral-direito Dodô, ex-Coritiba, voltou a empatar, apenas nove minutos depois de entrar em campo.

A equipe da casa teve entre os titulares o lateral-esquerdo Ismaily, os meias Alan Patrick, Marlos e Taison, além do atacante Júnior Moraes. EFE

Esporte