Topo

Colômbia diz que apresentará proposta com Equador e Peru por Copa de 2030

Taça da Copa do Mundo Fifa - Matthias Hangst/Getty Images
Taça da Copa do Mundo Fifa Imagem: Matthias Hangst/Getty Images
do UOL

Do UOL, em São Paulo

14/09/2019 22h01

O presidente da Colômbia, Iván Duque, disse hoje que o país apresentará uma proposta em conjunto com Equador e Peru para sediar a Copa do Mundo de 2030.

De acordo com Duque, a iniciativa partiu do presidente do Equador, Lenín Moreno, para que os países andinos recebam o Mundial.

"Falei com o presidente Lenín Moreno (Equador) e depois com o presidente Martin Vizcarra, do Peru. E me disse o presidente Lenín Moreno que o ano de 2030 é muito especial, porque são 100 anos dos Mundiais de futebol. São 100 anos da história dos Mundiais de futebol. E ele me perguntou se eu estaria de acordo para propor que os países andinos possam postular a Copa do Mundo de 2030", afirmou.

"Eu disse ao presidente Lenín Moreno que acompanho essa iniciativa e dei a instrução para o doutor Ernesto Lucena (ministro do Esporte da Colômbia) para que, com a ministra de Esporte do Equador e seus semelhantes no Peru, possamos formalizar essa proposta da Colômbia, com os países andinos, para sediar o Mundial de 2030", acrescentou.

Além de Colômbia, Equador e Peru, outros países sul-americanos já manifestaram interesse em sediar a Copa de 2030. Argentina, Uruguai, Chile e Paraguai anunciaram, em março deste ano, a candidatura unificada para organizar o Mundial.

"Não é uma disputa fácil, porque teremos que competir com países que tem muita tradição e que são muito poderosos em suas estruturas esportivas, mas nós vamos apresentar com toda determinação, unidos, e aproveitando que vamos receber o presidente da Conmebol (Alejandro Domínguez) no começo de outubro vamos ratificar ao vivo o plano dos países andinos", finalizou Duque.

Mais Esporte