Topo

Everaldo marca de pênalti, e Chapecoense vence clássico contra o Avaí

do UOL

Do UOL, em São Paulo

18/08/2019 20h53

No clássico que fechou a 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, a Chapecoense venceu o Avaí por 1 a 0 na Arena Condá e respirou na briga contra o rebaixamento. O único gol da partida saiu no segundo tempo com Everaldo, em cobrança de pênalti. O atacante agora é o vice-artilheiro do torneio com oito gols.

A Chape agora está em 17º na tabela com 13 pontos e empurrou o Fluminense, que perdeu para o CSA em casa, para a 18ª colocação. Já a situação do Avaí é ainda mais crítica. O time ainda não venceu no Brasileiro e soma apenas seis pontos.

Na próxima rodada, o lanterna receberá o Corinthians na Ressacada, e a Chapecoense viaja até o Rio de Janeiro para enfrentar o Botafogo.

Destaque do jogo: Everaldo

O atacante foi responsável pelas melhores oportunidades criadas pela Chape. Ele chegou a ter duas cabeçadas que passaram bem perto do gol no primeiro tempo. Aos 25 minutos, ele sofreu pênalti e converteu a cobrança que decretou a vitória do Verdão.

Quem mandou mal: Betão

O veterano zagueiro do Avaí teve atuação apagada até o carrinho que deu em Everaldo dentro da área. O pênalti resultou no único gol da Chapecoense hoje.

Chapecoense: recompensado pelo pênalti

A Chapecoense foi responsável pelas melhores chances da partida, principalmente com Everaldo e Renato Kayzer, que entrou no segundo tempo. Desde o primeiro tempo, o agora vice-artilheiro do Campeonato era quem conseguia chegar mais próximo às redes. Com o pênalti, foi recompensado com o gol.

Avaí: mais posse, menos chances

O Avaí teve mais uma atuação tensa na noite de hoje na Arena Condá. Durante boa parte da partida, o time de Alberto Valentim conseguiu ter mais posse de bola, mas não conseguia converter isso em chances, como já vinha acontecido em outras partidas. Esta foi a nona derrota do Avaí em 15 rodadas.

Cronologia do Jogo

Chapecoense e Avaí apresentaram um primeiro tempo bem fraco na Arena Condá. Apesar de ter ficado com maior posse de bola, o Avaí não conseguiu criar tantas oportunidades quanto a Chape. As melhores chances do time da casa vieram nas cabeçadas do atacante Everaldo, que mandou duas vezes perto da trave.

No segundo tempo, Emerson Cris tirou o volante Augusto para a entrada de Renato Kayser. O camisa 9 quase marcou após cruzamento de Camilo e fez boa parceria ao lado de Everaldo no ataque.

Com 25 minutos, Betão deu um carrinho em Everaldo, e Luiz Flávio de Oliveira não titubeou em marcar a penalidade. O próprio atacante foi para a cobrança, mandando no lado esquerdo do goleiro Vladimir.

Depois do gol, o time do Avaí até tentou se arriscar mais. Emerson Cris respondeu com a entrada de mais um volante e conseguiu segurar a vantagem até o fim.

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 1 x 0 AVAÍ

Data: 18/08/2019
Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Horário: 19h
Gol: Everaldo (Chapecoense), aos 27 minutos do segundo tempo.

Chapecoense: Tiepo, Eduardo, Gum, Maurício Ramos e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Augusto (Renato Kayzer), Gustavo Campanharo (Amaral) e Camilo (Aylon); Arthur Gomes e Everaldo. Técnico: Emerson Cris.

Avaí: Vladimir, Iury (Gegê), Betão, Marquinhos Silva e Igor Fernandes; Pedro Castro, Richard Franco (Douglas) e João Paulo (Bruno Sávio); Caio Paulista, Lourenço e Brenner. Técnico: Alberto Valentim.

Mais Esporte