PUBLICIDADE
Topo

Polícia confirma morte de Naya Rivera, de 'Glee', aos 33 anos

do UOL

Do UOL, em São Paulo

13/07/2020 18h10

O Departamento de Policia de Ventura confirmou em coletiva que o corpo encontrado pela manhã no lago Piru, na Califórnia (EUA), é da atriz Naya Rivera, de 33 anos, desaparecida na última quarta-feira (8). A polícia presumia que ela estivesse morta desde a semana passada.

Naya, que ficou mais conhecida por viver Santana Lopez em "Glee", desapareceu durante um passeio de barco com seu filho, Josey, de quatro anos. O menino disse à polícia que viu a mãe desaparecer debaixo d'água.

"Estamos confiantes de que o corpo que encontramos é o de Naya Rivera", disse na coletiva o xerife do condado de Ventura, Bill Ayub, acrescentando que "não há indicação de ato criminoso ou suicídio". A polícia fará o exame de arcada dentária para identificação completa.

O xerife diz que os investigadores usaram as chamadas em vídeo que Naya teve com os membros da família para ajudar a focar a busca, além de falar com outras pessoas que alugaram barcos no dia em que desapareceu e a viram na água.

Segundo as autoridades, a correnteza estava muito forte no dia em que Naya desapareceu, o que pode ter contribuído para seu afogamento. O xerife afirmou ainda que o barco dela não estava ancorado quando ela foi nadar com o filho.

Ainda de acordo com Ayub, mãe e filho nadaram juntos no lago, e Naya conseguiu colocar a criança de volta ao barco em que estavam, mas não pôde se salvar.

"Foi durante esse período que o garoto descreveu como a mãe o ajudou. Ele disse aos investigadores que olhou para trás e a viu desaparecer na água. Acreditamos que ela reuniu energia suficiente para colocar seu filho de volta no barco, mas não conseguiu se salvar", disse

Josey, que agora está sob os cuidados do pai, Ryan Dorsey, ex-marido da atriz e também ator, foi encontrado dormindo e sozinho no barco enquanto usava um colete salva-vidas. Um colete salva-vidas para adultos também foi encontrado a bordo do barco, que era alugado.

Após as buscas iniciais, as autoridades passaram a tratar o caso como um provável afogamento, e chegaram a dizer que havia a possibilidade de o corpo nunca ser encontrado.

Homenagem à beira do lago

Após o corpo ter sido encontrado, familiares de Naya e colegas de elenco de "Glee" prestaram uma homenagem a ela. O grupo apareceu de mãos dadas, lado a lado, olhando para lago Piru.

A data de hoje é ainda mais especial para o elenco da série já que, em 13 de julho de 2013, o ator Cory Monteith (o Finn, de "Glee") foi encontrado morto.

Familiares de Naya Rivera e parte do elenco de "Glee" fazem homenagem para a atriz - Reprodução - Reprodução
Familiares de Naya Rivera e parte do elenco de "Glee" fazem homenagem para a atriz
Imagem: Reprodução

Carreira

Naya começou sua carreira aos 4 anos no projeto "Royal Family", mas ganhou a fama com a série musical criada por Ryan Murphy. Como a líder de torcida Santana, Maya foi ganhando espaço em "Glee" e na segunda temporada foi promovida para o elenco principal.

Com turnês pelo mundo, inúmeros prêmios de TV e trilhas sonoras sempre entre as mais vendidas, parte do elenco da série, assim como Naya, apostaram na carreira musical.

Em 2011, ela assinou como artista solo com a Columbia Records — a gravadora por trás das trilhas sonoras de "Glee" — e lançou seu primeiro single: "Sorry".

A música foi lançada em setembro de 2013 e contou com o rapper Big Sean. Os dois começaram a namorar e ficaram noivos naquele ano, mas terminaram o relacionamento meses depois.

Apesar de seu contrato com a Columbia, Naya nunca lançou um álbum solo.

Em 2016, ela lançou sua autobiografia "Sorry Not Sorry: Dreams, Mistakes, and Growing Up", contando detalhes da sua vida pessoal e de sua carreira na música e na televisão.

O último trabalho dela como atriz foi na série "Step Up: High Water".

Entretenimento