PUBLICIDADE
Topo

Grimes vai vender um pedaço de sua alma em exposição online

Grimes vai deixar o público decidir o preço de sua alma - Reprodução/Instagram
Grimes vai deixar o público decidir o preço de sua alma Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Do UOL, em São Paulo

29/05/2020 20h09

Em entrevista à Bloomberg, Grimes revelou que pretende fazer exposições para vender suas obras no ramo das artes visuais.

Os itens à venda são variados: desenhos, fotografias e um documento que define que quem comprar será dono de uma porcentagem da alma da artista.

Tanto a exposição quanto o polêmico documento se chamam "Selling Out". Grimes conta que, a princípio, pensou em colocar o preço de US$ 10 milhões (cerca de R$ 53 milhões), para que ninguém comprasse. No entanto, a pandemia do novo coronavírus a fez mudar de ideia:

"No estado atual do mundo, você quer cobrar US$ 10 milhões em alguma coisa?", questionou. Então decidiu aceitar a "melhor oferta", e vai deixar a mão invisível do público definir o preço de sua alma.

"Quanto mais eu pensava [no preço], mais filosoficamente interessante se tornava. E eu também queria muito colaborar artisticamente com o meu advogado. A ideia de arte fantástica na forma de documentos legais é muito intrigante para mim", ela comentou.

Ambas as exposições já estão no ar, na Gallery Platform Los Angeles (de 28 de maio a 3 de junho) e no Maccarone Los Angeles (de 28 de maio a 31 de agosto). Grimes se diz feliz por voltar às artes plásticas:

"Eu fazia arte 10, 12 anos antes de encostar em um teclado pela primeira vez. Eu me vejo antes de tudo como uma artista visual, e sempre achei estranho que as pessoas me conheçam pela música."

Entretenimento