Topo

Daniel relembra morte de João Paulo: "Certeza que a carreira tinha acabado"

Daniel durante participação no programa The Noite - Divulgação
Daniel durante participação no programa The Noite Imagem: Divulgação
do UOL

Do UOL, em São Paulo

14/11/2019 06h43

Daniel recordou a parceria com João Paulo, morto em 1997, no edição de ontem do programa The Noite, no SBT. O cantor comentou que o fim da dupla após o acidente quase encerrou também sua carreira.

"O único momento que pensei em desistir foi quando o João Paulo partiu. Receber a notícia do nada, 3 horas da manhã... Tinha certeza que tinha acabado. 40 dias após fui no Olympia (extinta casa de shows de São Paulo) cantar sozinho. Não sei até hoje como eu tive forças para realizar esse show, que era o sonho que a gente tinha. Fui aos trancos e barrancos", confessa.

Daniel se empolgou ao falar da relação com Aline Pádua, renovada em março, quando se casaram novamente. "Casei com 41 [anos. A música] Casava de Novo me fez satisfazer o desejo que eu tinha de renovar os votos com a Aline. Quando é bom a gente quer casar de novo e com a mesma pessoa".

Caso seja feito um filme sobre sua trajetória, já sabe quem gostaria que o interpretasse. "Já surgiu convite. Não sei, quem sabe futuramente. Um cara que me identifico como ator é o Tony Ramos", sonha, aos 51 anos.

O cantor falou ainda geração do sertanejo universitário. "Tenho uma inveja boa. Mas não que eu me enquadre. Nunca fui muito de balada. Sempre fui muito caseiro, mas gosto dessa coisa animada", explica.

Entretenimento