Topo

Allison Mack negocia acordo em julgamento por tráfico sexual

Drew Angerer/Getty Images
A atriz Allison Mack Imagem: Drew Angerer/Getty Images
do UOL

Maurício Dehò

Do UOL, em São Paulo

2019-03-20T10:55:29

20/03/2019 10h55

A atriz Allison Mack, que havia se declarado inocente das acusações de tráfico sexual, está negociando um acordo com a Justiça norte-americana. De acordo com a Associated Press e a CBS, três acusados no caso estão em processo de traçar acordos referentes ao que foi revelado na segunda-feira, durante julgamento de Keith Raniere, fundador do grupo Nxivm, acusado de ser um culto sexual secreto.

Raniere disse em corte ser inocente no caso, quando colocado diante de uma nova acusação, agora de pornografia infantil.

Entre os acusados, a atriz de "Smallville" responde por tráfico sexual, conspiração e trabalho forçado por seu suposto envolvimento com o grupo, descrito como uma sociedade feminina secreta de mestres e escravas, em que mulheres eram obrigadas a ser subservientes sexualmente a Raniere.

O julgamento de Mack está programado para acontecer no mês de abril, de acordo com a promotoria. Com um acordo, sua pena pode diminuir em relação ao que pode pegar se seguir afirmando inocência e for considerada culpada.

De acordo com a revista "Variety", as mulheres selecionadas passavam por um ritual de passagem. Elas eram marcadas na região pélvica com uma caneta de cauterização. As marcas eram as iniciais KR (Keith Raniere, líder da organização) ou AM (Allison Mack).

Durante o procedimento, as pessoas da seita geralmente colocavam suas mãos sobre seu peito e diziam frases como: "sinta a dor" e "pense no seu mestre". Nuas, elas faziam um voto de lealdade ao seu guru. Sua submissão era reforçada com fotos nuas que eram guardadas pelo grupo.

Mack foi liberada após pagar uma fiança de US$ 5 milhões. Um juiz dos Estados Unidos soltou a atriz após seus pais colocarem a casa da família em Los Alamitos, na Califórnia (EUA), como garantia e ela concordar em morar com seus pais sob prisão domiciliar.

Mais Entretenimento