Topo

Cogumelos, bisões e cidra de maçã: 10 motivos para conhecer a Polônia

Giulia Requejo

De Katowice, na Polônia*

07/12/2018 11h48

A Polônia foi o país escolhido para sediar pela terceira vez a 24ª edição da Conferência da ONU (Organização das Nações Unidas) sobre o clima, a COP24. O evento já passou pela cidade de Poznan, em 2008, e pela capital Varsóvia, em 2003. A edição atual acontece em Katowice, cidade conhecida pela mineração de carvão e indústria pesada, mas que conseguiu dar soluções ecológicas para sua vocação comercial. 

Veja também:

Pequena economicamente, mas gigante em sua área territorial, a Polônia não é o destino favorito dos brasileiros, mas tem muitos aspectos interessantes e é uma das portas de entrada para se conhecer o Leste europeu. 

O coordenador do Pavilhão da Polônia dentro da COP24, Tomasz Krupa, afirma que o país oferece vários aspectos inusitados que podem atrair quem mora no Brasil. "São essas diferenças que podem atrair os brasileiros. Por exemplo, no Brasil tem samba e capoeira, e nós temos nossas danças e músicas tradicionais", explica. Krupa afirma também que os poloneses são muito receptivos e adoram conhecer novas pessoas. 

Confira 10 motivos para incluir a Polônia na lista de viagem dos brasileiros.

  • iStock

    História

    A rica história da Polônia vai muito além de seu passado denso e dramático, fruto das guerras e disputas do século 20. Cada cidade tem castelos, museus e ruas encantadoras e seguras para passear em qualquer hora do dia e da noite. Em todos os cantos é possível perceber como o passado ainda faz parte do presente

  • Rafa? Kowalczyk / Nature

    Encontrar um bisão

    Enquanto a maioria dos bisões europeus são mantidos em cativeiros, zoológicos e parques, na Polônia eles vivem livres nas florestas. Você pode encontrar os rebanhos silenciosos pastando entre os altos carvalhos, ou ser surpreendido pela silhueta enorme que atravessa a paisagem de neve!

  • Divulgação

    Letras e palavras

    As marcas particulares do alfabeto polonês são uma das evidências da beleza da terra, com palavras recheadas de Ç e acentos desconhecidos para os latinos. Difícil mesmo é tentar falar polonês e entender o que está escrito em placas de rua e cardápios. Mas o povo é simpático e ajuda sempre

  • Reprodução/Culture.pl

    A famosa cidra de maçã

    Os poloneses costumam passar noites quentes se divertindo com a bebida borbulhante. A cidra tem o gosto das milhões de maçãs doces que são cultivadas nos pomares do país

  • iStock

    Apelido carinhoso

    Os poloneses têm o costume de encurtar os nomes de várias maneiras diferentes. Quando você faz amigos, eles começam a dizer o seu nome em diminutivos carinhosos, que geralmente são mais longos que o seu nome real, mas que se tornam muito amigáveis

  • Getty Images

    Cogumelos para todos os lados

    Você verá cogumelo em todas as partes. Nos hambúrgueres crocantes, nos crepes, nos molhos, nas sopas, de todas as formas e gostos. É quase um paraíso de cogumelos da floresta. O ingrediente é muito presente na cultura polonesa; é fácil de encontrar cestas cheias nos pequenos mercados, na caça aos cogumelos nas diversões aos domingos, bem como nos almoços em família

  • Reprodução/spidersweb.pl

    Hip Hop polonês

    O estilo musical que traz a história, movimentos sociais e forte identidade nacional também está presente no país europeu em uma linguagem contemporânea. Vale a pena dar um mergulho no mais belo e estranho idioma da Terra durante as noites movimentadas nos pubs do país

  • iStock/VivaBem

    Um pepino mais azedo

    O alimento típico da alimentação polonesa é encontrado de todas as formas nos pratos do país. Azedo, adocicado, puro ou direto na comida. Junto com o rabanete e o alho, ele é o queridinho dos poloneses

  • Divulgação

    A arte da ironia

    Na Polônia, o senso de humor faz a combinação perfeita com a ironia e a autorridicularização. A mania de fazer brincadeiras com tudo e todos está bastante presente na vida dos poloneses

  • Peter Andrews/Reuters

    Capital do inverno

    Longe da agitação de Cracóvia, Zakopane é a cidade perfeita para esquiar. O clima nas montanhas é o local favorito dos turistas para admirar a beleza vista de cima e a neve branquinha ao redor. A área também contém spas e resorts e atraem pessoas do mundo inteiro a preços bem mais convidativos do que na Suíça

    * Conteúdo produzido por alunas do curso de Jornalismo da Universidade Metodista de São Paulo, sob orientação da professora Alexandra Gonsalez de Melo Sarasa Martin

Mais UniBOL