PUBLICIDADE
Topo

Ex-massagista da Seleção Brasileira, Luizão morre aos 70 anos

Luizão esteve presente em seis Olimpíadas e cinco Jogos Pan-Americanos, além de inúmeros torneios internacionais - Reprodução/Instagram
Luizão esteve presente em seis Olimpíadas e cinco Jogos Pan-Americanos, além de inúmeros torneios internacionais Imagem: Reprodução/Instagram
do UOL

Do UOL, em São Paulo

20/02/2020 23h31

O ex-massagista da Seleção Brasileira de Voleibol, Luiz Carlos Souza, mais conhecido como Luizão, morreu hoje em Taboão da Serra, Região Metropolitana de São Paulo, onde morava com a família. Já debilitado, ele lutava contra complicações da diabetes há algum tempo.

Luizão esteve presente em seis Olimpíadas e cinco Jogos Pan-Americanos, além de inúmeros torneios internacionais. Seu último clube foi o Vôlei Renata, de Campinas (SP), onde trabalhava há cerca de dez anos.

Ele deixa a mulher, Maria Helena Calmon de Souza, três filhos e três netos.

No Instagram, o Vôlei Renata fez uma homenagem ao massagista. "Gestores, membros da comissão técnica e jogadores prestam condolências à Helena, sua esposa, Hérica, Heloísa e Júnior, seus filhos, e Luis Antônio e Maria Luiza, seus netos, e deseja força neste momento de dor tão profunda", escreveu.

A Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) também usou a rede social para falar de Luizão. "Luizão trabalhou no voleibol por 35 anos [...] e tornou-se uma das figuras mais queridas da modalidade. [...] A CBV se solidariza com a esposa Maria Helena Calmon Souza, familiares e amigos de Luizão", publicou.

Ainda houve homenagens de Bruninho — "um dos caras mais queridos do voleibol!" —, Giba — "uma pessoa muito amada e que todos respeitavam!" — e Serginho — "você estará sempre no meu coração".

Esporte